18,6 milhões de brasileiros em agonia: por que nós somos o país mais ansioso do mundo?

Numa revelação preocupante, o Brasil assume a liderança mundial com 18,6 milhões de pessoas – representando 9,3% da população – convivendo com o transtorno de ansiedade, segundo dados alarmantes da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os números impressionam, de acordo com dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), 70% dos brasileiros sofrem  de algum tipo de distúrbio do sono, como insônia ou sonol~encia excessiva.

A ansiedade se manifesta de diversas formas, impactando a qualidade de vida. Alguns sintomas comuns incluem inquietação constante, distúrbios do sono, alterações no apetite, tensão muscular, excesso de preocupações, medos irracionais, mudanças súbitas de humor, pensamentos obsessivos, dificuldade de concentração, nervosismo crônico e sensação de desconexão consigo mesmo.

A ansiedade no corpo:

A ansiedade não apenas atormenta a mente, mas também aflige o corpo. Os sintomas físicos podem incluir boca seca, dormência nos braços, náusea e diarreia, problemas digestivos, tremores, suores frios, taquicardia e falta de ar.

O Brasil lidera não apenas em números, mas também em desafios. O elevado desemprego, instabilidade econômica e falta de segurança pública são apontados por especialistas como os principais fatores para a alta prevalência dos transtornos de ansiedade na população.

Além disso, um estudo da Canadian Journal of Psychiatry comprovou que o uso excessivo de telas está diretamente relacionado aos altos níveis de ansiedade. Paralelamente, um relatório da App Annie indicou que o Brasil lidera o mundo em tempo gasto em dispositivos digitais, com uma média de quase cinco horas e meia por dia.

Tipos de Transtornos de ansiedade:

A ansiedade se manifesta de diferentes formas, resultando em uma variedade de transtornos. Os principais incluem:

  1. Transtorno de Ansiedade Generalizada: Preocupação excessiva sem motivo aparente.
  2. Transtorno de Pânico: Ataques de medo intenso seguidos por sintomas físicos.
  3. Transtorno de Ansiedade Social: Dificuldade em interagir socialmente.
  4. Agorafobia: Medo de estar em locais sem saída fácil.
  5. Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT): Lembranças recorrentes de eventos traumáticos.
  6. Transtorno de Estresse Agudo: Aparece após eventos traumáticos específicos.
  7. Mutismo Seletivo: Incapacidade de comunicação verbal em situações sociais.
  8. Transtorno de Ansiedade de Separação: Angústia ao se afastar de ambientes familiares.
  9. Transtorno de Ansiedade Induzido por Substância: Substâncias podem desencadear ansiedade.

Mas como conviver com ela?

Os especialistas são unânimes quanto às práticas que ajudam a regular os instomas:

Controlar a ansiedade exige abordagens personalizadas, mas algumas dicas universais incluem:

  1. Dormir bem: Priorize o sono para melhorar a saúde mental e física.
  2. Alimentação saudável: Mantenha hábitos equilibrados para evitar a compulsão alimentar.
  3. Atividades físicas: Exercícios liberam hormônios que melhoram o bem-estar.
  4. Meditação: Reduz o estresse e acalma a mente.
  5. Escrita Terapêutica: Escrever emoções ajuda na compreensão e controle emocional.
  6. Acompanhamento Profissional: Consulte um especialista para orientação e tratamento personalizado.

Embora não haja cura definitiva para os transtornos de ansiedade, o tratamento adequado pode controlar os sintomas. A terapia, aliada a medicamentos em alguns casos, pode proporcionar qualidade de vida. A avaliação médica individualizada é essencial para determinar o melhor caminho.

A ansiedade é uma epidemia silenciosa que aflige milhões de brasileiros. Com conscientização, apoio profissional e mudanças no estilo de vida, podemos enfrentar esse desafio e recuperar o controle sobre nossas vidas.

Não existe cura pois se trata de algo inerente a todo ser humano, uma vez que a ansiedade nos protege e nos impulsiona para auto proteção e sobrevivência, porém existem esperanças quanto à regulação e equilíbrio dos sintomas e angústias que ela trás. Bons hábitos que podem ajudar a controlar as crises, como a terapia, a prática de atividades físicas e o uso de medicamentos em casos específicos.

Com acompanhamento profissional e o tratamento adequado para cada pessoa, é possível controlar os sintomas e, dessa forma, garantir uma rotina mais saudável com qualidade de vida.

Para isso, a avaliação médica é fundamental para entender o transtorno de maneira individual e indicar um tratamento personalizado de acordo com as necessidades de cada paciente.

Procure ajuda profisisonal, fale com pessoas que você confia e ama, auto acolhimento e auto compaixão é fundamental na hora conseguir meios concretos para regular , ter equilíbrio e ter uma vida mais saudável.

Onde pedir ajuda de forma gratuita?

  • Caps (Centro De Atenção Psicossocial) que em João Pessoa tem o tel  3218.5902.
  • CVV Centro de valorização da vida: O apoio psicol[ógico além de grstuito é anônimo com equipe especializada e treinada par ao auxílio a toda a população: Os tel em João Pessoa são: Para acessar o serviço, entre no site do CVV e/ou ligue 188.
  • Site Mapa da Saúde Mental site Mapa Saúde Mental foi desenvolvido com o intuito para conectar as pessoas em sofrimento psíquico aos locais de cuidado em saúde mental.
  • Clínica escola psicologua Unpê: que oferece atendimento psicológico gratuito presencial. Mais informações no tel:(83) 2106-9218 ou no endereço Campus do Unipê – Bloco F – Térreo.
  • Plantão psicológico  clínica escola do Departamento de Psicologia da UFPB: WhatsApp (83) 98212.4937
  • Clínica escola da FAMENE também oferece atendimento gratuito paa a população. Agendamento e informações sobre triagem: (83) 3041.7180 / (83) 99184-6796 (WhatsApp)

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Faltam 11 capítulos para terminar a novela Romero; Daniella Ribeiro pode ocupar uma vaga no TCE; e Galdino faz discurso em prol de sua candidatura ao governo do Estado 22 de julho de 2024 DESTAQUES: Faltam 11 capítulos para terminar a novela Romero; Daniella Ribeiro pode ocupar uma vaga no TCE; e Galdino faz discurso em prol de sua candidatura ao governo do Estado Adriano Galdino é um dos nomes para disputar o Governo do Estado com o apoio de João Azevêdo – Por Gutemberg Cardoso 20 de julho de 2024 Adriano Galdino é um dos nomes para disputar o Governo do Estado com o apoio de João Azevêdo - Por Gutemberg Cardoso DESTAQUES: Romero recebe proposta dos Cunha Lima; Nilvan Ferreira ganha apoio de João Gonçalves; e Kassab, do PSD, quer Eva Gouveia como candidata a prefeita 19 de julho de 2024 DESTAQUES: Romero recebe proposta dos Cunha Lima; Nilvan Ferreira ganha apoio de João Gonçalves; e Kassab, do PSD, quer Eva Gouveia como candidata a prefeita DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  18 de julho de 2024 DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo 17 de julho de 2024 DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo

Está no Hype

Go to Top