“A estranha negociação” de Flávio Bolsonaro para quitar mansão de 5,97 milhões antecipando 30 anos em 27 meses

O filho do presidente comprou uma casa de R$ 6 milhões graças ao financiamento inexplicável de R$ 3,1 milhões, com juros abaixo do mercado e prestações irreais

Segundo reportagem do ‘Estadão’, o empréstimo feito no Banco de Brasília tinha prazo de trinta anos, mas foi zerado em 37 meses

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) pagou 3,4 milhões de reais para quitar antecipadamente o financiamento que contraiu na compra de uma mansão no Lago Sul, bairro nobre da capital federal. O empréstimo feito no Banco de Brasília tinha prazo de trinta anos, mas foi zerado em 37 meses.

As informações são do jornal O Estado de São Paulo. Procurado pelo periódico paulista, o parlamentar afirmou que os recursos utilizados não “lícitos e fruto do suor de meu trabalho”, mas não detalhou a origem do dinheiro.

O edifício, que possui 1.100 m2, foi adquirido por 6,1 milhões em 2021. Uma parcela de 2,9 milhões foi paga à vista – segundo o senador, o dinheiro utilizado foi oriundo da venda de um apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O restante foi financiado pelo BRB, com prestações mensais de quase 18,8 mil reais.

A dívida imobiliária, contudo, foi quitada antes do esperado através de seis pagamentos extras, que variaram entre 198 mil e 997 mil, segundo o jornal. O último pagamento ocorreu em março deste ano. A mansão de Flávio tem piscina, jardim planejado, academia, espaço gourmet e cinco suítes.

A compra do imóvel é alvo de uma ação que tramita no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, movida pela deputada federal Érika Kokay (PT-DF). A parlamentar também estuda acionar o Ministério Público para investigar suspeitas de favorecimento ao senador na concessão do empréstimo.

Quando adquiriu a mansão, Flávio Bolsonaro alegou que seus negócios como empresário permitiram realizar a compra. Ele era dono de uma loja de chocolates da Kopenhagen, em um shopping do Rio, mas abriu mão da franquia em 2021, em meio às acusações de que o empreendimento era usado para lavagem de dinheiro.

Depois, o filho do ex-presidente Jair Bolsonaro afirmou à Justiça que conseguiu viabilizar o financiamento do imóvel com a renda do trabalho como advogado.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Prefeito de Queimadas vai escolher entre 2 parentes o candidato da sucessão; Ana Paula deu sua versão da ‘’rachadinha’’; e Bueno Aires foi visto em Gurjão fazendo política 12 de julho de 2024 DESTAQUES: Prefeito de Queimadas vai escolher entre 2 parentes o candidato da sucessão; Ana Paula deu sua versão da ‘’rachadinha’’; e Bueno Aires foi visto em Gurjão fazendo política DESTAQUES: Veja 3 sinais de que Romero será candidato; Caso de ‘rachadinha’ estoura em Monteiro; e Sara Cabral sofre mais uma derrota na Justiça 11 de julho de 2024 DESTAQUES: Veja 3 sinais de que Romero será candidato; Caso de 'rachadinha' estoura em Monteiro; e Sara Cabral sofre mais uma derrota na Justiça Republicanos vai apoiar Jhony se o PSB fechar com Nilvan; Lucena já tem chapas definidas; e candidatura do PT em Santa Rita está mantida 10 de julho de 2024 Republicanos vai apoiar Jhony se o PSB fechar com Nilvan; Lucena já tem chapas definidas; e candidatura do PT em Santa Rita está mantida DESTAQUES: Eva Gouveia não vota em Rosália; Republicanos desiste de Romero; e Cabo Gilberto aparece ao lado Milei e Bolsonaro 9 de julho de 2024 DESTAQUES: Eva Gouveia não vota em Rosália; Republicanos desiste de Romero; e Cabo Gilberto aparece ao lado Milei e Bolsonaro DESTAQUES: Pesquisa de Santa Rita aponta para mudança de candidato; Corrinha Delfino alega que foi vítima de golpe; e Queiroga opina sobre candidatos indo em bairros controlados por traficantes 8 de julho de 2024 DESTAQUES: Pesquisa de Santa Rita aponta para mudança de candidato; Corrinha Delfino alega que foi vítima de golpe; e Queiroga opina sobre candidatos indo em bairros controlados por traficantes

Está no Hype

Go to Top