Anísio Maia classifica de autoritária decisão do PT de suspender seus direitos políticos

O deputado estadual Anísio Maia, em nota, desabafou sobre a punição imposta a ele e outros colegas petistas que tiveram seus direitos políticos suspensos. Agora, Anísio terá que se filiar a outro partido se quiser concorrer à reeleição, e é o que ele fará.
Leia a nota na íntegra:

Surpreendido com a decisão do Diretório Nacional do PT, veio a mim enorme decepção por encarar este tipo de represália de onde eu nunca esperava. Como fundador do PT, nesses 42 anos, me dediquei integralmente à tarefa de fortalecê-lo, sem medir dificuldades ou sacrifícios. Sempre à esquerda, trabalhando para reduzir as desigualdades sociais.

Sou petista por convicção política e ideológica, mas fui perseguido e punido com a suspensão de seis meses dos meus direitos partidários para satisfazer aqueles que retornam ao PT por pura conveniência pessoal. Os mesmos que na primeira dificuldade deram as costas ao partido. Fico triste também por ver o partido que afirmei tantas vezes como democrático, agora pratica o mesmo autoritarismo daqueles que nós tanto criticamos.

Faltou aos responsáveis a coragem para me expulsar diretamente, por isso me punem com uma suspensão que, na verdade, tem o mesmo efeito: inviabilizar nossa candidatura. É também uma atitude totalmente inconveniente, pois o momento é de unir todos aqueles que querem lutar para eleger Lula presidente, e não procurar atritos e divisões. Se pensam em me calar desta forma, erram redondamente. Fui formado politicamente lutando contra injustiças, e quando me defronto com estas, encontro ainda mais energia e motivação para continuar enfrentando-as.

Agradeço a todos que manifestaram solidariedade diante desta injusta punição. Junto a dezenas de companheiros e companheiras que seguem comigo nesta caminhada, saberemos construir uma alternativa compatível com o nosso perfil político-ideológico. Seguiremos no enfrentamento a todo autoritarismo e fascismo que se entranha pelo país. Não me calarão. Nossa candidatura segue firme para defender os interesses do povo paraibano na Assembleia Legislativa.

Lula presidente! Fora Bolsonaro!

Deputado Anísio Maia

João Pessoa, 24 de março de 2022

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Por que Deusdete é lembrado para disputar vários cargos?; PT já fez a coleta da pesquisa em JP; e prefeito Kiko escolheu errado o seu candidato em Caaporã 17 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que Deusdete é lembrado para disputar vários cargos?; PT já fez a coleta da pesquisa em JP; e prefeito Kiko escolheu errado o seu candidato em Caaporã DESTAQUES: Por que Roberto de Souza saiu da secretaria de educação?; Jhony está atuando para frente de oposição em CG; e Indicação de Wilson filho visa 2026 14 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que Roberto de Souza saiu da secretaria de educação?; Jhony está atuando para frente de oposição em CG; e Indicação de Wilson filho visa 2026 DESTAQUES: Por que a secretária Maria Suely foi demitida; os nomes escolhidos pelo governador foram adiantados pelo Polêmica Paraíba; e quais os motivos para Wilson Filho assumir a Educação 13 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que a secretária Maria Suely foi demitida; os nomes escolhidos pelo governador foram adiantados pelo Polêmica Paraíba; e quais os motivos para Wilson Filho assumir a Educação DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’

Está no Hype

Go to Top