De olho no golpe
Bolsonaristas que defenderam golpe em caso de vitória de Lula são alvo da PF

Por ordem de Moraes, PF faz ação contra empresários que defenderam golpe

De acordo com a matéria da jornalista Carla Araújo do Portal UOL, A Polícia federal cumpriu mandatos de busca e apreensão contra empresários bolsonaristas que defenderam um possível Golpe caso Lula vença as eleições do próximo pleito.  O Ministro Alexandre Moraes autorizou a operação que envolve o inquérito das milícias digitais nos estados do RJ , SP, SC, RS e Ceará.
Os alvos da investigação segundo apuração dos jornalistas do UOL são:

  • José Isaac Peres, da rede de shopping Multiplan – no Rio de Janeiro
  • Luciano Hang, da Havan – dois endereços em Brusque (SC) e um em Balneário Camboriú (SC)
  • José Koury, do Barra World Shopping – no Rio de Janeiro
  • Ivan Wrobel, da Construtora W3 – no Rio de Janeiro
  • Meyer Nigri, da Tecnisa – em São Paulo
  • Luiz André Tissot, do Grupo Serra – em Gramado (RS)
  • Afrânio Barreira, do Grupo Coco Bambu – em Fortaleza
  • Marco Aurélio Raimundo, da Mormaii – em Garopaba (SC)

Entre as medidas aprovadas na investigação estão: Quebra de sigilos bancário, telefônico e bloqueio de contas de redes sociais.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) acionou o STF para que o grupo de empresários fosse investigado
O empresário Luciano Hang teve seu celular apreendido e sua residência, escritório em Brusques (SC) e a casa de veraneio todas em Balneário Caburiú foram alvo de buscas oficiais da PF.
“Prefiro golpe do que a volta do PT. Um milhão de vezes. E com certeza ninguém vai deixar de fazer negócios com o Brasil. Como fazem com várias ditaduras pelo mundo.”
José Koury, dono do shopping Barra World
Em resposta à operação da PF, os empresários enviaram as seguintes alegações;

“Sigo tranquilo, pois estou ao lado da verdade e com a consciência limpa. Desde que me tornei ativista político prego a democracia e a liberdade de pensamento e expressão, para que tenhamos um país mais justo e livre para todos os brasileiros.

Eu faço parte de um grupo de 250 empresários, de diversas correntes políticas, e cada um tem o seu ponto de vista. Que eu saiba, no Brasil, ainda não existe crime de pensamento e opinião. Em minhas mensagens em um grupo fechado de WhatsApp está claro que eu NUNCA, em momento algum falei sobre Golpe ou sobre STF. Eu fui vítima da irresponsabilidade de um jornalismo raso, leviano e militante, que infelizmente está em parte das redações pelo Brasil.” Disse Luciano Hang dono das lojas Havan.

“Estou absolutamente tranquilo, pois minha única manifestação sobre o assunto foi um “emoji” sinalizando a leitura da mensagem, sem estar endossando ou concordando com seu teor. Confio na justiça e vamos provar que sempre fui totalmente favorável à democracia. Nunca defendi, verbalizei, pensei ou escrevi a favor de qualquer movimento anti-democrático ou de “golpe”. Assim, sou a favor da liberdade, democracia e de um processo eleitoral justo.” Respondeu Antônio Barreira dono do grupo Coco Bambu.

“O Morongo foi contatado hoje pela Polícia Federal, ainda desconhece o inteiro teor do inquérito, mas se colocou e segue à disposição de todas autoridades para esclarecimentos.” Respondeu em nota Marco Aurélio da Momaii.

 

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

<h6>De olho no golpe</h6>Adriano Galdino é um dos nomes para disputar o Governo do Estado com o apoio de João Azevêdo – Por Gutemberg CardosoDe olho no golpeBolsonaristas que defenderam golpe em caso de vitória de Lula são alvo da PF" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 20 de julho de 2024 Adriano Galdino é um dos nomes para disputar o Governo do Estado com o apoio de João Azevêdo - Por Gutemberg Cardoso <h6>De olho no golpe</h6>DESTAQUES: Romero recebe proposta dos Cunha Lima; Nilvan Ferreira ganha apoio de João Gonçalves; e Kassab, do PSD, quer Eva Gouveia como candidata a prefeitaDe olho no golpeBolsonaristas que defenderam golpe em caso de vitória de Lula são alvo da PF" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 19 de julho de 2024 DESTAQUES: Romero recebe proposta dos Cunha Lima; Nilvan Ferreira ganha apoio de João Gonçalves; e Kassab, do PSD, quer Eva Gouveia como candidata a prefeita <h6>De olho no golpe</h6>DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento De olho no golpeBolsonaristas que defenderam golpe em caso de vitória de Lula são alvo da PF" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 18 de julho de 2024 DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  <h6>De olho no golpe</h6>DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar CartaxoDe olho no golpeBolsonaristas que defenderam golpe em caso de vitória de Lula são alvo da PF" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 17 de julho de 2024 DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo <h6>De olho no golpe</h6>DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do CondeDe olho no golpeBolsonaristas que defenderam golpe em caso de vitória de Lula são alvo da PF" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 16 de julho de 2024 DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde

Está no Hype

Go to Top