Bolsonaro diz que vai à Justiça após Lula revogar sigilos de 100 anos Bolsonaro

Bolsonaro afirmou que não aceitará de cabeça baixa “se liberarem o conteúdo de sua caderneta de vacinação”. Senador do PL afirma que um dos medos do ex-presidente é “descobrirem que ele tomou a vacina”, enquanto agiu para milhões de brasileiros não se vacinarem

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou a aliados nesta segunda-feira (1) que, caso um de seus vários sigilos seja derrubado, ele pretende ir à Justiça contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o governo federal. As informações são do IG.

Após Lula assinar a revogação de diversos decretos do governo anterior, Bolsonaro comentou em um grupo de WhatsApp que irá ao STF (Supremo Tribunal Federal) para impedir a derrubada dos sigilos de 100 anos.

Bolsonaro avisou pessoas de seu entorno que não aceitará de cabeça baixa se um dos decretos forem revogados e informações íntimas se tornarem públicas. No grupo em questão, um dos integrantes destacou que o ex-presidente “não vai aceitar liberarem o conteúdo de sua caderneta de vacinação”.

O mesmo integrante, senador pelo PL, partido de Bolsonaro, ressaltou que não sabe qual é o medo dele. “Ninguém sabe, acho que nem os filhos dele, mas em Brasília os comentários é que ele tomou”, contou. Além disso, outros membros da legenda acreditam que o político deve ter tomado a vacina e quer esconder de seus seguidores.

No entanto, um ex-assessor de Bolsonaro defendeu o ex-capitão e apontou que uma coisa não tem nada a ver com a outra. “A caderneta de vacinação é algo íntimo, ninguém precisa sair mostrando em nenhuma situação. O que querem fazer com o Bolsonaro é perseguição política com um documento pessoal”, afirmou.

Apenas no final de janeiro será apresentado um relatório sobre quais temas foram colocado sigilo de forma irregular, uma vez que decreto do presidente petista prevê que haverá uma avaliação de 30 dias pelos órgãos responsáveis.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

Adriano Galdino é um dos nomes para disputar o Governo do Estado com o apoio de João Azevêdo – Por Gutemberg Cardoso 20 de julho de 2024 Adriano Galdino é um dos nomes para disputar o Governo do Estado com o apoio de João Azevêdo - Por Gutemberg Cardoso DESTAQUES: Romero recebe proposta dos Cunha Lima; Nilvan Ferreira ganha apoio de João Gonçalves; e Kassab, do PSD, quer Eva Gouveia como candidata a prefeita 19 de julho de 2024 DESTAQUES: Romero recebe proposta dos Cunha Lima; Nilvan Ferreira ganha apoio de João Gonçalves; e Kassab, do PSD, quer Eva Gouveia como candidata a prefeita DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  18 de julho de 2024 DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo 17 de julho de 2024 DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde 16 de julho de 2024 DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde

Está no Hype

Go to Top