Bolsonaro, pior que Trump, corrompeu, estuprou e prostituiu instituições civis e militares – Por Ruy Castro

O Tribunal de Contas da União descobriu que, sob Bolsonaro, o Ministério da Defesa e as Forças Armadas desviaram R$ 15, 6 milhões destinados ao enfrentamento da Covid para comprar 12 mil quilos de picanha e filé mignon, além de salgadinhos, refrigerantes e sorvetes para regabofes e coquetéis promovidos pelos generais.

Há dias, a Polícia Federal localizou um documento produzido pelo Ministério da Justiça, às vésperas do segundo turno da eleição, que listava as regiões do Nordeste em que Lula surrara Bolsonaro no primeiro turno. De posse do mapa, o então ministro Anderson Torres foi à Bahia e ordenou à Polícia Rodoviária Federal bloquear as estradas naqueles locais no dia da eleição, para impedir “transporte ilegal de eleitores” —na prática, impedir que eleitores de Lula chegassem aos locais de votação.

Os relógios, abotoaduras, canetas de ouro e diamantes das Arábias presenteados a Bolsonaro e trazidos ao Brasil em malas e mochilas oficiais já envolveram, até agora, um almirante, um contra-almirante, um tenente-coronel, um guarda-marinha e um primeiro-sargento. Todos esses elementos da Marinha e do Exército estão sendo investigados por entrar ilegalmente com as joias no país, ocultá-las da Receita Federal e tentar reaver com carteiradas as que foram apreendidas.

E, neste momento, a carceragem em Brasília ainda abriga quase 300 acusados de planejar, financiar e executar a depredação dos três Poderes em 8 de janeiro. Outros mil e poucos terroristas foram libertados por serem apenas zumbis hipnotizados pela pregação bolsonarista.

Nos EUA, Donald Trump está sendo processado por fraude eleitoral ao comprar o silêncio de uma garota de programa. Aqui, Bolsonaro fez pior: ao induzir e inspirar todos os atos acima, corrompeu, estuprou e prostituiu instituições brasileiras civis e militares. Não haverá dinheiro que compre o silêncio dos que poderão acusá-lo.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Romero recebe proposta dos Cunha Lima; Nilvan Ferreira ganha apoio de João Gonçalves; e Kassab, do PSD, quer Eva Gouveia como candidata a prefeita 19 de julho de 2024 DESTAQUES: Romero recebe proposta dos Cunha Lima; Nilvan Ferreira ganha apoio de João Gonçalves; e Kassab, do PSD, quer Eva Gouveia como candidata a prefeita DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  18 de julho de 2024 DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo 17 de julho de 2024 DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde 16 de julho de 2024 DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde DESTAQUES: Prefeito de Queimadas vai escolher entre 2 parentes o candidato da sucessão; Ana Paula deu sua versão da ‘’rachadinha’’; e Bueno Aires foi visto em Gurjão fazendo política 12 de julho de 2024 DESTAQUES: Prefeito de Queimadas vai escolher entre 2 parentes o candidato da sucessão; Ana Paula deu sua versão da ‘’rachadinha’’; e Bueno Aires foi visto em Gurjão fazendo política

Está no Hype

Go to Top