EDUCAÇÃO DOMICILIAR: Câmara aprova texto base que regulamenta prática no Brasil; entenda

A Câmara dos Deputados aprovou, nessa quarta-feira (18) o texto-base do Projeto de Lei nº 3.179/12, que regulamenta a prática da educação domiciliar no Brasil, prevendo a obrigação do poder público de zelar pelo adequado desenvolvimento da aprendizagem do estudante.

Foram 264 votos favoráveis, 144 contrários e duas abstenções. Da bancada paraibana, foram favoráveis os deputados federais Damião Feliciano (União), Efraim Filho (União), Julian Lemos (União), Leo Gadelha (PSC), Wellington Roberto (PL) e Wilson Santiago (Republicanos).

Já Frei Anastácio (PT), Gervásio Maia (PSB) e Ruy Carneiro (PSC) votaram ‘não’. Aguinaldo Ribeiro (PP) e Hugo Motta (Republicanos) não participaram da votação. Para esta quinta-feira (19), grande parte dos partidos acordaram em avaliar os destaques apresentados ao PL.

Segundo o texto, o aluno deverá estar regularmente matriculado em uma instituição de ensino, que deverá acompanhar a evolução de aprendizado do estudante. Ainda, pelo menos um dos pais ou responsáveis deverá ter escolaridade de nível superior ou educação profissional tecnológica em curso reconhecido.

A comprovação dessa formação deve ser apresentada perante a escola no momento da matrícula, quando também ambos os pais ou responsáveis terão de apresentar certidões criminais das Justiças federal e estadual ou distrital.

Se o projeto virar Lei, as regras entrarão em vigor 90 dias após sua publicação. Para quem optar pela educação domiciliar, nos dois primeiros anos haverá uma transição quanto à exigência de ensino superior ou tecnológico.

Mais detalhes sobre o PL podem ser vistos diretamente no site da Câmara dos Deputados.  Clique aqui e confira.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa 22 de abril de 2024 NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 22 de abril de 2024 DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação 18 de abril de 2024 DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB 17 de abril de 2024 DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB

Está no Hype

Go to Top