ELEIÇÃO BRASIL: Pesquisas apontam 9 governadores eleitos em 1º turno e 13 só no segundo – VEJA RELAÇÕES

Na contramão da eleição presidencial, que tem cenário incerto sobre definição em primeiro turno, pelo menos nove estados devem ter o governador eleito já em primeiro turno, segundo as últimas pesquisas de intenção de voto dos institutos Datafolha e Ipec (ex-Ibope). Este é o número de candidatos que têm mais de 50% dos votos válidos —contagem que exclui brancos, nulos e indecisos— e estão acima da margem de erro, que é de dois ou três pontos percentuais a depender do levantamento. RELACIONADAS A um dia da eleição, Moraes cita segurança de urnas e agilidade da apuração Com Lula entre 50% e 51%, pesquisas mostram decisão no 1º turno indefinida Ipec PR: Álvaro Dias lidera com 41% corrida ao Senado; Moro tem 35% Em outros cinco estados, o líder nas pesquisas tem pelo menos 50%, mas com folga dentro da margem de erro, o que traz incerteza sobre a vitória antecipada. O levantamento do UOL Notícias considerou as pesquisas mais recentes de ambos os institutos. O Ipec divulgou, desde 29 de setembro, pesquisas para governador em todos os 26 estados e o Distrito Federal. Já o Datafolha publicou levantamentos em apenas quatro estados: Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Nas últimas eleições gerais, em 2018, a disputa foi resolvida no primeiro turno em 13 estados, incluindo sete dos nove da região Nordeste. Mas no Distrito Federal e 13 estados, inclusive grandes colégios eleitorais como São Paulo e Rio, foi necessário o segundo turno para decidir as eleições. Indefinição para presidente Na disputa pelo Planalto, ambos os institutos indicaram ontem a chance de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) derrotar o atual presidente, Jair Bolsonaro (PL), em primeiro turno, já que o petista marcou 51% dos votos válidos no Ipec e 50% no Datafolha. Nos dois casos, contudo, a vitória de Lula é incerta, porque na margem de erro ele poderia ficar abaixo do necessário para liquidar a fatura no domingo. A situação nos estados Nas disputas pelos governos estaduais, a tendência de definição em primeiro turno é apontada pelas pesquisas no Acre, no Amapá, no Espírito Santo, em Goiás, em Mato Grosso, no Pará, no Paraná, no Rio Grande do Norte e em Tocantins. Em Minas Gerais, o Datafolha aponta vitória do governador Romeu Zema (Novo) com 56%, mas o Ipec dá a Zema 50%, o que não garantiria o desfecho no primeiro turno. Além de Minas, outros quatro estados apontam o líder com chance de vencer neste domingo, mas dentro da margem de erro: Bahia, Maranhão, Roraima e Sergipe. Nas 13 outras unidades da federação, incluindo alguns dos maiores colégios eleitorais do país, os levantamentos apontam que haverá segundo turno: Alagoas, Amazonas, Ceará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’ DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde 10 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder 7 de junho de 2024 DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino 6 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino

Está no Hype

Go to Top