GRANDES FAVORITOS: Blog aponta quem lidera a corrida eleitoral nas grandes cidades da Paraíba

Levantamento do Blog do Gutemberg Cardoso com as enquetes eleitorais mais recentes mostra que 10 pré-candidatos largaram na frente na corrida para conseguir vencer a disputa municipal nas grandes cidades da Paraíba.

O caminho, no entanto, ainda é longo e os cenários de candidatos podem sofrer alterações até o mês de agosto, quando encerra os registros de chapa majoritária na Justiça Eleitoral.

Assim, cabe aos leitores entender, que as projeções dessa matéria é uma fotografia do momento, passível de mudanças.

Além disso, vale ressaltar que o levantamento não seguiu um plano amostral formal, como também não foi utilizado um método científico restrito para sua realização.

Logo, são essas as grandes cidades e os pré-candidatos que lideram o levantamento:

João Pessoa (Cícero Lucena)

O prefeito Cícero Lucena (Progressistas), que disputará a reeleição, tem apoio relevante do governador João Azevedo e larga, de acordo com as últimas pesquisas, em condições de vencer a parada já no primeiro turno, caso o cenário não mude substancialmente.

Ao seu lado, ele conta com a grande quantidade de siglas que aderem ao seu projeto de reeleição. Entre elas está o PMB, PRTB, PMN, PTB, PDT, PTC (agora Agir), Avante, Republicanos e Cidadania.

Campina Grande (Romero Rodrigues)

Mesmo ainda não anunciado sua pré-candidatura, o deputado Romero Rodrigues chega ao ano da eleição municipal com uma performance formidável, sendo o favorito em muitos levantamentos.

A pesquisa estimulada do Opinião Pesquisas Sociais, por exemplo, contratada pela Rede Mais, aponta o deputado federal com 43,3%, as intenções de votos para a Prefeitura de Campina Grande. O prefeito Bruno Cunha Lima (União Brasil) aparece em segundo lugar, com 17,3%.

Por conta de sua força política na cidade, ele vem sendo disputado por membros da oposição e situação da Rainha da Borborema. O Governador João Azevêdo pode lançar ele como candidato, enquanto Bruno Cunha Lima deseja que o ex-prefeito indique o vice de sua chapa.

Monteiro (Ana Paula)

Em Monteiro, o PSB apresentou a secretária de Saúde do município, Ana Paula, como a pré-candidata do partido nas eleições 2024.

A escolha de Ana Paula foi destacada pelo seu perfil técnico e pela ampla aceitação dentro do partido e da gestão atual. A própria prefeita de Monteiro, Anna Lorena, que encerra seu mandato, endossou a indicação, destacando a capacidade administrativa e a competência da secretária de Saúde.

Em levantamento recente do Instituto Índice, ela lidera com 34,42%, correspondente ao dobro de seus concorrentes juntos. Segunda colocada, a ex-prefeita Edna Henrique (Republicanos), aparece com 14,61% e Paulo Neto (Novo), com 6,96%, que somando os dois, corresponde apenas a 21,57%.

Patos (Nabor Wanderley)

Muitos analistas políticos estão questionando se Nabor Wanderley terá um oponente nas Eleições de 2024. Os seus adversários, apesar de possuírem certo reconhecimento na cidade, não vem ganhado força para desbancar o seu favoritismo.

Dos vereadores da cidade, apenas alguns estão fazendo oposição, tecendo críticas contra a gestão de Nabor. Para muitos, ele está nadando a braçadas para, talvez, entrar na história de Patos, em uma eleição que não terá um opositor que o incomode.

Segundo levantamento do Patos Online, em parceria com o Instituto Agorasei, Nabor Wanderley tem 51,6% das intenções de voto dos patoenses. O Juiz Ramonilson, seu possível opositor na disputa, aparece em segundo, com 15,4%. Outro nomes como a Baronesa Priscila e o Professor Edileudo receberam, respectivamente, 7,6% e 2%.

Se o cenário continuar assim nas próximas enquetes, ele vai levar o pleito municipal ainda no primeiro turno.

Catolé do Rocha (Laurinho Maia)

Em Catolé, o comando do prefeito Laurinho Maia pode continuar nos próximos anos. Segundo informações da imprensa da região, ele deve se reeleger em Outubro com certa segurança.

Ele conta com o apoio do deputado estadual, Gilbertinho, forte liderança no sertão. Nas eleições 2022, em Catolé, Gilbertinho obteve 1.236 votos, ficando em terceiro lugar. Além dele, o deputado federal, Murilo Galdino (Republicanos) e Senador Federal, Efraim Filho, podem aparecer no palanque do prefeito.

Por outro lado, a oposição apresenta duas pré-candidaturas para a prefeitura, incluindo a do ex-vereador Felipão (PSB), que exerceu o cargo entre 2009 e 2016, sendo vice-presidente da Câmara em um mandato. O outro nome que pode aparecer é o da líder social Bidia, concorrendo pelo PSOL.

Ele conta com o apoio do deputado estadual, Gilbertinho, forte liderança no sertão. Nas eleições 2022, em Catolé, Gilbertinho obteve 1.236 votos, ficando em terceiro lugar. Além dele, o deputado federal, Murilo Galdino (Republicanos) e Senador Federal, Efraim Filho, podem aparecer no palanque do prefeito.

O vice Ricardo Maia, do PSDB, deve repetir a dobradinha para 2024. Na cidade, ele possui uma forte presença política, além de alianças importantes que podem beneficiar o atual gestor.

Sousa (Helder Carvalho)

Na cidade sorriso, o PSB chancela o nome de Hélder Carvalho, atual chefe de gabinete do prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, como o nome da disputa à prefeitura na cidade. O pré-candidato à prefeitura da ‘cidade dos dinossauros’ larga com seis partidos no arco de aliança: Solidariedade, Republicanos, PT, PV, PCdoB e PSD, além do PSB.

O pré-candidato do PSB tem atualmente como principal concorrente Gilberto Sarmento (União Brasil), na oposição, tendo como vice provavelmente o ex-prefeito André Gadelha (MDB). A vereadora Lana Dantas, do Rede Sustentabilidade, também é cotada para a disputa.

Os amigos, e aliados do Prefeito Fábio Tyrone se encontram na expectativa da vitória de Helder Carvalho, após o declínio de candidatos da oposição, segundo informações da imprensa local.

Cabedelo (André Coutinho)

André Coutinho, representante do Avante, assumiu a posição de candidato principal da sigla na cidade portuária. Ao seu lado, na posição de vice, ele terá Camila Holanda, esposa do deputado federal Mersinho Lucena.

Conforme o Portal FONTE83, o atual presidente da Câmara Municipal, André Coutinho, aparece na primeira posição, com 38,5% das intenções de votos do eleitorado cabedelense.

Em segundo lugar, vem o deputado Wallber Virgolino (PL), com 10,7%. Em terceiro lugar, a ex-primeira-dama e ex-vereadora, Jacqueline Monteiro (Podemos), com 5,6%; e em quarto, o ex-deputado e atual presidente da Companhia Docas da Paraíba, Ricardo Barbosa (PSB), com 2,4%.

Cajazeiras (Chico Mendes)

Chico Mendes tem mantido uma intensa agenda estadual, e participado de várias programações em municípios por todo estado. Nos bastidores, ele já vem articulando apoios importantes para sua disputa à Prefeitura de Cajazeiras.

Segundo informações do Panorama do Fonte CZ, junto ao Instituto Índice, acerca da corrida eleitoral à prefeitura de Cajazeiras, Chico Mendes (PSB) apareceu em primeiro lugar se comparado com a única pré-candidata em disputa, Corrinha Delfino.

Na pesquisa estimulada, Mendes tem 43,79% das intenções de votos, contra 27,81% de Corrinha. Já na pesquisa espontânea, Chico Mendes obteve 29,59% das respostas, contra 22,78% da sua adversária, colocando os dois em empate técnico levando em consideração a margem de erro.

Guarabira (Léa Toscano)

A ex-prefeita e ex-deputada estadual, Léa Toscano (PSDB), lidera a disputa da Prefeitura de Guarabira, vencendo os adversários em qualquer cenário.

Isso é o que aponta a pesquisa realizada pelo Instituto Índice, divulgada pelo site fonte83. O instituto aponta que Léa aparece com 46,7% na estimulada, quando são listados os nomes dos possíveis candidatos, e com 34% na espontânea, quando o entrevistador não cita nomes e o entrevistado fala espontaneamente a sua preferência, dando larga vantagem sobre a concorrência.

O segundo mais lembrado foi o deputado federal Raniery Paulino, com 11% das citações, seguido pelo vereador Ramon Menezes, com 7%.

Sapé (Major Sidnei)

Major Sidnei parece caminhar a passos largos para sua reeleição. Ele possui um relevante favoritismo contra o então Presidente da Câmara Municipal e sobrinho do ex-Prefeito Roberto Feliciano, Luizinho Limeira.

Luizinho é um dos cotados como nomes da oposição para a eleição de outubro, ao lado do ex-Prefeito José Feliciano, o suplente de Deputado Estadual Juscelino do Peixe, Professor Miguel e o empresário Alan da Madereira.

Recentemente, Major Sidnei saiu do PSB e foi para Republicanos, do deputado federal Hugo Motta. Ele ingressou na polícia em 1996 e estava atuando no cargo de comandante da 3ª Companhia da Polícia Militar em Sapé, quando concorreu ao seu primeiro cargo público no pleito de 2020.

Luizinho é um dos cotados como nomes da oposição para a eleição de outubro, ao lado do ex-Prefeito José Feliciano, o suplente de Deputado Estadual Juscelino do Peixe, Professor Miguel e o empresário Alan da Madereira.

Recentemente, Major Sidnei saiu do PSB e foi para Republicanos, do deputado federal Hugo Motta. Ele ingressou na polícia em 1996 e estava atuando no cargo de comandante da 3ª Companhia da Polícia Militar em Sapé, quando concorreu ao seu primeiro cargo público no pleito de 2020.

Em levantamento do Polêmica Paraíba juntamente com o Instituto de pesquisa AgoraSei, do Rio Grande do Norte, O Major Sidnei atingiu 57,5% dos votos. O ex-Prefeito Roberto Feliciano, que governou a cidade entre 2013 e 2021 é o segundo colocado ao atingir 10,3%, seguido por seu irmão, o também ex-Prefeito e Deputado Estadual Zé Feliciano com 4%, que está tecnicamente empatado com Juscelino do Peixe e Luizinho Limeira.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Por que Deusdete é lembrado para disputar vários cargos?; PT já fez a coleta da pesquisa em JP; e prefeito Kiko escolheu errado o seu candidato em Caaporã 17 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que Deusdete é lembrado para disputar vários cargos?; PT já fez a coleta da pesquisa em JP; e prefeito Kiko escolheu errado o seu candidato em Caaporã DESTAQUES: Por que Roberto de Souza saiu da secretaria de educação?; Jhony está atuando para frente de oposição em CG; e Indicação de Wilson filho visa 2026 14 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que Roberto de Souza saiu da secretaria de educação?; Jhony está atuando para frente de oposição em CG; e Indicação de Wilson filho visa 2026 DESTAQUES: Por que a secretária Maria Suely foi demitida; os nomes escolhidos pelo governador foram adiantados pelo Polêmica Paraíba; e quais os motivos para Wilson Filho assumir a Educação 13 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que a secretária Maria Suely foi demitida; os nomes escolhidos pelo governador foram adiantados pelo Polêmica Paraíba; e quais os motivos para Wilson Filho assumir a Educação DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’

Está no Hype

Go to Top