Homem que atropelou 17 em manisfestação golpista tem prisão decretada

Justiça decretou prisão preventiva de motorista que avançou sobre grupo de bolsonaristas que bloqueava rodovia no interior de São Paulo. Duas pessoas foram internadas em estado grave

O Tribunal de Justiça de São Paulo decretou nesta quinta-feira (3) a prisão preventiva de Israel Lisboa Junior, que atropelou 17 pessoas que faziam um bloqueio em uma rodovia em Mirassol, no interior de São Paulo, no dia anterior. O motorista já havia sido preso em flagrante por tentativa de homicídio. A prisão preventiva foi decretada após audiência de custódia.

O caso ocorreu na quarta-feira (2), quando o homem de 29 anos tentou romper uma barreira de manifestantes bolsonaristas na rodovia Washington Luís. Ele acelerou para cima do grupo. Duas pessoas ficaram feridas em estado grave e precisaram ser socorridas.

Segundo o portal UOL, o homem disse em depoimento à Polícia Civil que foi xingado e agredido pelos manifestantes. Ele estava acompanhado da mãe dentro do carro.

No domingo (30) à noite, manifestantes começaram a fechar rodovias pelo país para protestar contra a vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições presidenciais. Grupos também pedem um golpe das Forças Armadas contra o resultado das urnas, o que é ilegal.

Foram registradas centenas de ocorrências organizadas por caminhoneiros e bolsonaristas, em praticamente todos os estados brasileiros. Responsável por impedir o bloqueio das estradas nesses casos, a Polícia Rodoviária Federal pouco fez para reduzir as manifestações nos primeiros dias, e há vídeos que mostram cumplicidade entre agentes e manifestantes.

As interdições foram diminuindo após reação do Judiciário e de governadores e depois de o presidente derrotado Jair Bolsonaro (PL) publicar um vídeo na noite de quarta-feira (2) pedindo o fim dos bloqueios em estradas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, até cerca de 16h de quinta-feira (3), havia ainda 32 bloqueios em rodovias de sete estados diferentes.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação 18 de abril de 2024 DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB 17 de abril de 2024 DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB DESTAQUES: Daniella Ribeiro será senadora em 2026; presidente do Sousa deve ser o vice do prefeito Tyrone; e Domiciano Cabral foi relapso e abandonou a defesa de Sara Cabral 16 de abril de 2024 DESTAQUES: Daniella Ribeiro será senadora em 2026; presidente do Sousa deve ser o vice do prefeito Tyrone; e Domiciano Cabral foi relapso e abandonou a defesa de Sara Cabral DESTAQUES: Bolsonaro dá esporro em Queiroga e Sérgio Queiroz; PL decidiu que não vai apoiar filho de Wellington Roberto em CG; e Sara Cabral não pode concorrer em Bayeux 12 de abril de 2024 DESTAQUES: Bolsonaro dá esporro em Queiroga e Sérgio Queiroz; PL decidiu que não vai apoiar filho de Wellington Roberto em CG; e Sara Cabral não pode concorrer em Bayeux

Está no Hype

Go to Top