Lula mantém 44% e Bolsonaro sobe para 29%, em nova pesquisa da Genial/Quaest

As intenções de voto em Jair Bolsonaro mantiveram a alta e chegaram a 29%, a 15 pontos de Lula, que permaneceu com 44%, aponta a pesquisa feita pela Quaest e pela Genial Investimentos, publicada nesta quinta-feira (7/4). É o segundo mês consecutivo no levantamento em que Bolsonaro ganha três pontos percentuais, em um crescimento acima da margem de erro, que é de dois pontos.

No cenário estimulado para o 1º turno, o ex-presidente Lula (PT) marcou 44%; o presidente Bolsonaro (PL), 29%; Sergio Moro (União), 6%; Ciro Gomes (PDT), 5%; André Janones (Avante), 3%; João Doria (PSDB), 1%; e Simone Tebet (MDB), 1%. Não souberam, brancos e nulos somaram 5%. Indecisos, outros 5%.

Em um segundo cenário estimulado, sem a candidatura de Sergio Moro, os 6% do ex-ministro aparentemente migrariam 2% para Bolsonaro, 1% para Lula, 1% para Ciro Gomes, e 1% para João Doria. Nesse desenho, Lula marcou 45%; Bolsonaro, 31%; Ciro, 6%; Janones, 2%; Doria, 2%; Tebet, 1%. Não souberam, brancos e nulos somaram 6%. Indecisos, outros 6%.

Nas entrevistas sobre um eventual segundo turno, Lula ganharia em todas as conjunturas. A vitória mais apertada seria sobre Bolsonaro, ao passo que a mais folgada seria contra Doria. Lula derrotaria Bolsonaro por 55% a 34%. Contra Moro, Lula faria 55% a 25%. Contra Ciro, 55% a 22%. Contra o tucano Eduardo Leite, 58% a 17%. Contra Doria, 58% a 16%.

A pesquisa Genial/Quaest fez 2 mil entrevistas pessoais com eleitores a partir de 16 anos entre 1º a 3 de abril. A margem de erro é de dois pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’ DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde 10 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder 7 de junho de 2024 DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino 6 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino

Está no Hype

Go to Top