Lula viaja para o Egito para participar da Conferência do Clima da ONU

Presidente eleito terá encontros com autoridades na quarta (16) e quinta (17) e depois segue para Portugal

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) viajou na manhã desta segunda-feira (14) para o Egito onde irá participar da 27ª Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP-27, em Sharm El Sheikh. Ele viajou em um jato particular.

Nas redes sociais, Lula postou: “Bom dia. Hoje viajo ao Egito para participar da COP 27. O combate às mudanças climáticas deve ser um compromisso do Estado brasileiro. Trabalharemos pelo futuro do nosso país e do planeta, que é um só e de todos”.

Antes de viajar, o presidente eleito fez exames de rotina no hospital Sírio-Libanês em São Paulo. O boletim médico divulgado pelo Sírio-Libanês destaca “alterações inflamatórias decorrentes do esforço vocal e  pequena área de leucoplasia na laringe”.

Na COP-27, Lula irá participar de participar de encontros na quarta (16) e quinta-feira (17). Ele foi convidado pelo presidente do Egito, Abdel Fattah El Sisi e também recebeu convite do consórcio dos governadores da Amazônia. A COP-27 começou no dia 6 e vai até 18 de novembro, em Sharm El Sheikh, no Egito.

Um dos compromissos de Lula nesta campanha é reforçar a fiscalização para reduzir a zero o desmatamento ilegal na Amazônia. Nesta quarta, Lula participa do evento “Carta da Amazônia – uma agenda comum para a transição climática”, junto com alguns dos governadores da Amazônia Legal: Waldez Góes (Amapá), Gladson Cameli (Acre), Mauro Mendes (Mato Grosso), Helder Barbalho (Pará), Wanderlei Barbosa (Tocantins) e Marcos Rocha (Rondônia).

Na quinta-feira, Lula participa de um encontro com representantes da sociedade civil brasileira e participa do Fórum Internacional dos Povos Indígenas/Fórum dos Povos sobre Mudança Climática.

A 27ª conferência do clima da ONU reúne no Egito governos do mundo todo, diplomatas, entidades privadas e da sociedade civil com o objetivo de discutir medidas de mitigação e adaptação às mudanças climáticas com foco nos cortes de emissões de gás carbônico (CO2) no planeta.

Depois da participação na COP-27, Lula irá para Portugal se encontrar com autoridades.

Lula terá encontro com governadores da Amazônia e fala na área da ONU

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participa nesta semana da Cúpula do Clima das Nações Unidas (COP 27) no Egito. A agenda dele na conferência inclui encontro com governadores da Amazônia, pronunciamento na área da ONU, além de reuniões com chefes de Estado.

Na quarta-feira, 16, Lula participa, às 11 horas (6 horas no fuso de Brasília) do evento “Carta da Amazônia – uma agenda comum para a transição climática”, junto com os governadores Waldez Góes (PDT-AP) Gladson Cameli (PP-AC), Mauro Mendes (União-MT), Helder Barbalho (MDB-PA), Wanderlei Barbosa (Republicanos-TO), e Marcos Rocha (União-RO).

Às 17h15 (12h15 no fuso de Brasília) de quarta, Lula faz pronunciamento na área das Nações Unidas (zona azul). Na quinta-feira, 17, às 10 horas (5h em Brasília), Lula se encontra com representantes da sociedade civil brasileira no pavilhão Brazil Hub, e, às 15 horas (10h em Brasília), com o Fórum Internacional dos Povos Indígenas/Fórum dos Povos sobre Mudança Climática.

Ainda segundo informações da âncora CNN Daniela Lima, trazidas na última sexta-feira (11), Lula também terá reuniões, ainda na COP, com o secretário-geral da ONU, António Guterres, e com o presidente do Egito, Abdul Fatah Khalil Al-Sisi. Ambos sem data definida.

Após a COP, o petista vai para Portugal, onde tem encontro com os chefes de Estado Marcelo Rebelo, presidente do país, e o primeiro-ministro, António Costa.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’ DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde 10 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder 7 de junho de 2024 DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino 6 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino

Está no Hype

Go to Top