Ministro de Putin diz que Brasil e Rússia têm “visões semelhantes” sobre temas globais

Por: Carlos Germano

Enviado pelo presidente Vladimir Putin, para firmar acordos bilaterais em Brasília, o ministro de Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov, disse nesta segunda-feira (17) que o Brasil e a Rússia dividem uma “visão similar” sobre os acontecimentos globais, em referência indireta à guerra na Ucrânia. A declaração ocorreu após reunião com o chanceler Mauro Vieira no Itamaraty.

Sobre o conflito, Lavrov afirmou que Putin busca “uma solução duradoura” e não “algo imediato”. Ele, inclusive, agradeceu à proposta do presidente Lula para formação de um grupo de países que busque mediar a paz.

“Conversamos sobre temas relevantes na agenda internacional, considerando que as visões do Brasil e da Rússia são similares em relação aos problemas que acontecem no mundo. Os dois países são unidos pelo desejo de contribuir para um mundo mais democrático e multipolar, baseado nos princípios legais de soberania e igualdade entre os Estados”, declarou Lavrov.

O chanceler russo disse ainda que as sanções do Ocidente prejudicam a Rússia, e agradeceu ao Brasil por não apoiar as sanções.

“As sanções unilaterais aplicadas e não aprovadas pelo Conselho de Segurança da ONU não são consideradas legítimas e estão impedindo o trabalho de várias organizações”, relatou Lavrov.

Nos últimos dias, a retórica do líder brasileiro tem sido vista no Ocidente como cada vez mais favorável aos interesses do governo Putin.

Lavrov destacou que a Rússia já explicou os motivos da invasão militar ao território da Ucrânia e afirmou que o governo russo tenta proteger vidas de comunidades russas.

“Estamos interessados que o conflito na Ucrânia seja solucionado o mais rápido possível. A Rússia já explicou várias vezes as razões por que aconteceu. Estamos querendo eliminar as ameaças. Estamos protegendo a vida de pessoas de origem russa”, enfatizou o chanceler russo.

Lavrov também fará visitas oficiais a Venezuela, Cuba e Nicarágua, em uma tentativa do governo russo de demonstrar que não está isolado internacionalmente.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  18 de julho de 2024 DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo 17 de julho de 2024 DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde 16 de julho de 2024 DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde DESTAQUES: Prefeito de Queimadas vai escolher entre 2 parentes o candidato da sucessão; Ana Paula deu sua versão da ‘’rachadinha’’; e Bueno Aires foi visto em Gurjão fazendo política 12 de julho de 2024 DESTAQUES: Prefeito de Queimadas vai escolher entre 2 parentes o candidato da sucessão; Ana Paula deu sua versão da ‘’rachadinha’’; e Bueno Aires foi visto em Gurjão fazendo política DESTAQUES: Veja 3 sinais de que Romero será candidato; Caso de ‘rachadinha’ estoura em Monteiro; e Sara Cabral sofre mais uma derrota na Justiça 11 de julho de 2024 DESTAQUES: Veja 3 sinais de que Romero será candidato; Caso de 'rachadinha' estoura em Monteiro; e Sara Cabral sofre mais uma derrota na Justiça

Está no Hype

Go to Top