NOVO GOVERNO: Confira quem são os políticos que não conseguiram se eleger e que podem ocupar cargos na gestão de João Azevêdo

Com a reeleição de João Azevêdo, as articulações para formação da bancada na Assembleia e do Secretariado estão correndo a todo vapor;

Vários Secretários já entregaram os cargos para que a reforma administrativa seja realizada e o Governador já declarou que irá alocar alguns aliados que concorreram nestas eleições, mas que não conseguiram se eleger, em cargos estratégicos da nova gestão.

Nessa matéria nós iremos elencar os principias nomes e os possíveis cargos ao qual eles estariam sendo especulados.

Ricardo Barbosa: O Deputado Estadual concorreu a uma das 12 vagas a Câmara Federal, mas acabou ficando na primeira suplência. Entre 2011 e 2014, no primeiro mandato de Ricardo Coutinho, atuou como Secretário Executivo de obras do PAC na Paraíba, deixando o cargo para concorrer pela oitava vez a uma vaga na Assembleia Legislativa, quando conseguiu se eleger pela primeira vez.

Fontes acreditam, que Ricardo será o novo superintendente da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan).

Pollyanna Dutra: A ex-Prefeita de Pombal e Deputada Estadual, concorreu ao Senado na chapa do Governador, conseguindo alcançar um expressivo segundo lugar com uma campanha mais curta que seus concorrentes.

Em entrevista ao Polêmica Paraíba, Pollyanna confirmou que irá fazer parte do novo Governo, mas que não iria antecipar qual seria a sua participação. Informações dos bastidores afirmam que ela é cotada para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Humano.

Dudu Soares: Advogado do renomado escritório de Marcos Inácio. Foi assessor direto no gabinete do vereador João Almeida e participou da sua campanha para prefeito de João Pessoa, em 2020, como também atuou na construção das candidaturas de Charles e Rafaela Camaraense, na cidade de Cuité.

Candidato a Deputado Estadual nestas eleições, Dudu ficou muito próximo de se eleger, ficando na primeira suplência do Solidariedade. Em entrevista ao Polêmica, Dudu afirma que está a disposição do Governador, “Continuo firme no projeto do Solidariedade, partido que me acolheu nestas eleições . Fortalecemos o apoio à reeleição do Governador João Azevedo que obteve expressiva votação no primeiro e segundo turno, fruto do reconhecimento dos paraibanos e da aprovação de sua gestão. Desde o dia 03 de outubro tenho continuado com as articulações políticas do nosso grupo, sempre voltadas a agregar mais lideranças em todo o Estado em prol do próximo mandato do Governador.

“Em relação a cargos ou posições, estamos em conversas mais avançadas para que possamos em breve anunciar. O que posso dizer, com muita certeza, é que nosso grupo tem compromisso firmado em ajudar este projeto político e administrativo para que nossas propostas sejam agregadas e executadas pelo Governo que toma posse em 1º de janeiro de 2023”.

Rafaela Camaraense: Filha do Prefeito de Cuité, Charles Camaraense, Rafaela foi a primeira de sua família a se candidatar a um cargo político, tendo sido eleita vereadora no ano de 2012 e reeleita em 2016. Em 2018 se candidatou a Deputada Estadual quando teve uma ótima votação, ficando na suplência. Após as eleições, foi nomeada Secretária de Juventude em 2020, cargo que ocupou até Março quando assumiu uma vaga na Assembleia durante a licença de Chió.

Postulando uma das 12 vagas do estado em Brasília, Camaraense teve mais de 43 mil votos, o que lhe credenciou a segunda suplência do PSB. Em fala ao Polêmica Paraíba, Rafaela afirma que irá participar do novo Governo, mas que ainda não sabe qual cargo irá ocupar.

Raniery Paulino: Com quatro mandatos consecutivos na Assembleia, o filho do ex-Governador Roberto Paulino, decidiu sair do MDB e ingressar no Republicanos, por não concordar com a aliança entre o partido e o PT. Aliado de primeira linha do Governador, Raniery foi candidato a Câmara Federal, e conseguiu ficar na primeira suplência.

O colega de partido Branco Mendes, afirmou que Raniery possivelmente terá espaço no novo mandato de João, Raniery nos disse sabe dos rumores acerca do seu nome, mas que não irá se aprofundar no assunto, pois acredita que o Governador deve ficar a vontade para compor sua equipe.

Geraldo Medeiros: O ex-Secretário de Saúde, foi muito elogiado por sua atuação na pandemia e teve sua candidatura a Câmara, articulada pelo Governador, que foi um dos principais entusiastas dessa primeira empreitada do médico na política.

Especulado nos bastidores, Geraldo afirma que “Procurou dar tudo de si pelos paraibanos e paraibanas nesta luta árdua contra a pandemia e que uma possível volta aos quadros do Governo, depende exclusivamente da vontade de João Azevêdo”.

Frei Anastácio: Deputado Estadual por quatro mandatos, Anastácio conseguiu se eleger Deputado Federal em 2018, com mais de 90 mil votos. Nessas eleições, o Frei foi uma das principais vozes petistas a estarem ao lado de João Azevêdo, contrariando o diretório nacional e estadual.

Após ficar na segunda suplência do partido e não alcançar à reeleição, Frei Anastácio poderá ganhar um cargo na nova gestão, por ser um das principais pontes entre João e o Presidente Lula.

Anísio Maia: Fundador do PT, Anísio foi Presidente estadual do partido em várias ocasiões, no primeiro Governo Lula em 2003 foi convocado para participar da equipe nacional de organização da secretaria especial de agricultura e pesca da presidência da República, passando a ocupar a chefia do escritório na Paraíba, a presidência do Conselho do Terminal Pesqueiro de Cabedelo e a coordenação das Conferências estaduais de aquicultura e pesca e em 2009 foi nomeado superintendente do ministério da Aquicultura e Pesca no Estado.

Após brigas internas que culminaram em sua saída do PT, Anísio tentou se reeleger na Assembleia pelo PSB, mas acabou ficando na segunda suplência do partido. Seu nome é especulado no Governo, pela ótima interlocução com João Azevêdo e pela experiência em cargos administrativos.

Tibério Limeira: Na gestão pública, Tibério acumula a experiência de ter sido Secretário Executivo do Orçamento Democrático de João Pessoa (2010-2012); Secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (2012-2016); e Secretário Executivo de Empreendedorismo (2015-2016).

Em 2016, lançou-se candidato e foi eleito vereador da capital, com 5.399 votos, sendo o 8° mais bem votado e o segundo mais jovem da legislatura. Após três anos de exercício parlamentar, à convite do governador João Azevêdo licenciou-se da função de vereador para assumir o cargo de Secretário de Estado do Desenvolvimento Humano.

Especulado para ser candidato a Assembleia, Tibério preferiu seguir no Secretariado, e deixou o cargo a disposição para a reforma administrativa de 2023. É especulado que Tibério iria para um cargo político, mas especificamente a Secretaria de Governo, atualmente ocupada pelo ex-governador Roberto Paulino, ou para a pasta da Articulação Política.

Outros nomes especulados internamente são os de Julian LemosLindolfo PiresEva Gouveia e Fernandinha Albuquerque.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Hugo Motta enfrenta ‘cobra’ que morde o Republicanos; Pollyanna tem sido o grande diferencial no governo João; e Sargento Neto diz que oposição pode pular para 17 deputados 24 de abril de 2024 DESTAQUES: Hugo Motta enfrenta 'cobra' que morde o Republicanos; Pollyanna tem sido o grande diferencial no governo João; e Sargento Neto diz que oposição pode pular para 17 deputados DESTAQUES: Em Cajazeiras, a briga será entre 3 deputados; PSB realiza festa na Priscylla’s Hall com candidatos a vereador; na UFPB, Terezinha vai ser a primeira colocada?! 23 de abril de 2024 DESTAQUES: Em Cajazeiras, a briga será entre 3 deputados; PSB realiza festa na Priscylla's Hall com candidatos a vereador; na UFPB, Terezinha vai ser a primeira colocada?! NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa 22 de abril de 2024 NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 22 de abril de 2024 DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70% 

Está no Hype

Go to Top