Para campanhas, FHC dá apoio velado a Lula sem entrar na onda do voto útil

A nota de Fernando Henrique Cardoso defendendo o voto pela democracia foi entendida por setores o PT, do PSDB e do MDB como uma declaração velada de apoio a Lula no primeiro turno, mas deixando uma porta aberta para os eleitores de Ciro Gomes (PDT) e de Simone Tebet (MDB) manterem suas escolhas em 2 de outubro.

A nota de Fernando Henrique Cardoso defendendo o voto pela democracia foi entendida por setores o PT, do PSDB e do MDB como uma declaração velada de apoio a Lula no primeiro turno, mas deixando uma porta aberta para os eleitores de Ciro Gomes (PDT) e de Simone Tebet (MDB) manterem suas escolhas em 2 de outubro.

Ou seja, FHC não entrou abertamente na onda do voto estratégico ou “voto útil” para derrotar Jair Bolsonaro (PL) já na primeira fase da campanha presidencial.

Entre os petistas, as chamadas alas moderadas ficaram satisfeitas e receberam o texto com alegria, apesar de o ex-presidente tucano não ter declarado explicitamente seu voto em Lula. Setores mais radicais, porém, ficaram frustrados e avaliaram que FHC, como na tradição de seu partido, ficou em cima do muro.

O entendimento de quem aprovou a nota, no entanto, é de que FHC ficaria em posição delicada se explicitasse sua opção por Lula porque o PSDB, partido dele, está formalmente na coligação da presidenciável Simone Tebet (MDB).

Um profundo conhecedor do PSDB diz que FHC adotou a posição de um “magistrado” ao anunciar sua interpretação do atual do cenário, condizente com a condição de presidente de honra do PSDB.

O teor da nota, mesmo se encaixando quase à perfeição na plataforma do candidato petista, também deixa margem para interpretações favoráveis ao projeto eleitoral de Tebet, por exemplo.

“Peço aos eleitores que votem no dia 2 de outubro em quem tem compromisso com o combate à pobreza e à desigualdade, defende direitos iguais para todos independentemente da raça, gênero e orientação sexual, se orgulha da diversidade cultural da nação brasileira, valoriza a educação e a ciência e está empenhado na preservação de nosso patrimônio ambiental, no fortalecimento das instituições que asseguram nossas liberdades e no restabelecimento do papel histórico do Brasil no cenário internacional”, afirmou FCH em nota divulgada pela assessoria de seu instituto.

Mesmo com todos os cuidados adotados por FHC, alas do PSDB mais alinhadas com a direita e até com o bolsonarismo avaliaram que ele não deveria ter se posicionado antes do primeiro turno.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Camilo Santana esteve na Paraíba e ninguém soube; Cássio pode ser candidato em CG?; e nomes dos vices estão em alta em Bayeux 20 de maio de 2024 DESTAQUES: Camilo Santana esteve na Paraíba e ninguém soube; Cássio pode ser candidato em CG?; e nomes dos vices estão em alta em Bayeux DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG 17 de maio de 2024 DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG DESTAQUES: Na reunião do PT, 90% defenderam candidatura própria; e representante da prefeitura acusa membro do governo no caso da poluição das praias 16 de maio de 2024 DESTAQUES: Na reunião do PT, 90% defenderam candidatura própria; e representante da prefeitura acusa membro do governo no caso da poluição das praias DESTAQUES: O candidato de João Azevêdo ao governo pode ser Hugo Motta; advogado João de Deus se filiou ao PSB em Cajazeiras; e Wilson Santiago voltou a titularidade na câmara dos deputados 9 de maio de 2024 DESTAQUES: O candidato de João Azevêdo ao governo pode ser Hugo Motta; advogado João de Deus se filiou ao PSB em Cajazeiras; e Wilson Santiago voltou a titularidade na câmara dos deputados DESTAQUES: Lula teria decidido por candidatura própria em João Pessoa e o escolhido foi Cartaxo; Romero não tem responsabilidade com Campina Grande?; e ALPB ‘desobriga’ presença de secretários de Educação 8 de maio de 2024 DESTAQUES: Lula teria decidido por candidatura própria em João Pessoa e o escolhido foi Cartaxo; Romero não tem responsabilidade com Campina Grande?; e ALPB ‘desobriga’ presença de secretários de Educação

Está no Hype

Go to Top