Prédio na zona norte do Recife com bandeira de Lula é atingido por tiros na madrugada

Disparos quebraram os vidros do local onde mora um casal e uma criança de 3 anos. Represália pelo posicionamento político é “hipótese assustadora”, diz síndico

De madrugada, moradores do edifício Nápoles, em Casa Amarela, na zona norte do Recife, ouviram duas rajadas de tiros. Com uma vistosa bandeira vermelha com a estrela do PT na varanda, a fachada de um apartamento foi alvo de dois tiros. Outros disparos atingiram os apartamentos de famílias que moram nos andares abaixo dele. Foi pelo menos um tiro em um apartamento onde mora um casal e uma criança de apenas três anos, que destruiu os vidros da varanda e da sala. A bala foi encontrada no chão da sala pelos moradores, que acordaram em pânico por volta das 3h30. Em outro apartamento, um projétil foi achado. O crime foi registrado nesta manhã na delegacia de Casa Amarela.

“Poderia ter acontecido uma tragédia”, diz o síndico Mitael Sales, que é morador do apartamento com a bandeira de Lula. Para ele, o tiroteio pode ter tido motivação política, mas essa é apenas uma das hipóteses. “Pode ter sido um tiroteio na rua da frente e balas perdidas atingiram o prédio. Mas pode ser também por conta da bandeira e essa é uma hipótese assustadora. A polícia que deve averiguar qual foi a motivação”, diz.

O edifício fica na Avenida Professor José dos Anjos, rua movimentada da Zona Norte recifense, mas é localizado em um trecho bastante calmo, e sem pavimentação. O porteiro noturno do prédio relatou ao síndico que tudo estava em silêncio absoluto, até que ouviu os tiros. Ele não informou ter ouvido gritos, discussões, nem barulho de carro ou moto saindo em alta velocidade.

A Marco Zero falou também com uma moradora do sétimo andar que disse ter ouvido os barulhos em duas ocasiões durante a madrugada. “A primeira foi mais longa. A segunda, mais curta. Achei que poderia ter sido fogos, não pensei em tiros”, contou. Ao sair de casa de manhã cedo para deixar os filhos na escola, se deparou com os vidros quebrados no pátio do prédio.

A bandeira vermelha permanece na varanda do sexto andar. Mas não por muito tempo. O síndico vai deixá-la até que a polícia faça a perícia. “Mas já decidi que vou retirá-la, não só pela minha segurança, mas pela segurança das outras pessoas que moram no prédio. Mesmo sendo ainda apenas uma hipótese, é algo grave e que nos deixa assustados”, afirmou.

Foto aérea de edifício de 12 andares, com fachada branca e cinza-azulada, com um prédio menor branco do lado direito e casas num morro ao fundo.
Tiros atingiram varanda onde está a bandeira e janela do apartamento do andar acima. Crédito: Arnaldo Sete/MZ Conteúdo

Câmeras da frente do prédio não registram movimento

A Marco Zero esteve na tarde desta quarta-feira no edifício Nápoles. Foi recebida por gritos de “Lula ladrão” por um morador de um dos andares mais altos. No prédio, o clima era de receio: os moradores dos apartamentos em que as balas entraram não quiseram falar com a imprensa.

O síndico Mitael Sales afirmou que todas as imagens das câmeras de segurança foram revisadas e nada de suspeito foi encontrado. Isso porque as duas câmeras de segurança do prédio voltadas para a rua são acionadas por sensor de movimento. “Puxamos as imagens e não teve filmagem alguma. Ou seja, ausência de movimento, de carro. Até o porteiro brincou que filmou um gato passando. É uma câmera que tem bastante sensibilidade”, disse o síndico.

A falta de imagens da rua pode levantar as hipóteses de que os tiros tenham partido de longe ou de algum outro prédio. “É um pouco assustador”, diz Mitael. Ele próprio não escutou os tiros. “Não sei se meu sono é muito pesado, mas não ouvi nada. Soube hoje de manhã cedo”, disse. Pela manhã, se pensava que um apartamento havia sido atingido por duas balas, já que dois vidros estavam quebrados, mas só um projétil foi encontrado. “Ficou combinado que a polícia viria ainda hoje fazer a perícia”, disse.

As marcas de tiros são visíveis na fachada ao lado da bandeira, que seguia no prédio. O vidro da varanda do andar de baixo, atingido pelo tiro, já foi retirado. Assustado com o crime, o síndico diz que só a perícia e a investigação policial é que podem esclarecer a motivação dos disparos. “Coincidentemente a minha varanda é a única com bandeira. Mas não podemos concluir nada. Os tiros foram para a bandeira e um pouco mais embaixo. Estou me sentindo intimidado como morador de um prédio que foi alvejado por tiros. Essa é a preocupação minha e de todos os moradores. Não sei se o motivo dos tiros foi a bandeira ou se foi um fato corriqueiro de violência urbana, mas por precaução vamos tirar a bandeira assim que a polícia termine a perícia”.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

Romero não disputa a prefeitura de Campina Grande! 10 sinais para essa decisão – Por Gutemberg Cardoso 27 de maio de 2024 Romero não disputa a prefeitura de Campina Grande! 10 sinais para essa decisão - Por Gutemberg Cardoso DESTAQUES: Karla do Conde não apoia mais Mersinho nem Eduardo Carneiro; Sara Cabral fora das eleições 2024; e qual o motivo do silêncio Queiroga e Queiroz 24 de maio de 2024 DESTAQUES: Karla do Conde não apoia mais Mersinho nem Eduardo Carneiro; Sara Cabral fora das eleições 2024; e qual o motivo do silêncio Queiroga e Queiroz Se Lula pedir a vaga de vice de Cícero para o PT, João Azevêdo e o PSB cederiam?: Por Gutemberg Cardoso 23 de maio de 2024 Se Lula pedir a vaga de vice de Cícero para o PT, João Azevêdo e o PSB cederiam?: Por Gutemberg Cardoso DESTAQUES: Se Romero desistir para onde irão os eleitores que são contra Bruno?; Em Bayeux, vice de Taciana pode ser Kita; e Secretário deve ir à ALPB 22 de maio de 2024 DESTAQUES: Se Romero desistir para onde irão os eleitores que são contra Bruno?; Em Bayeux, vice de Taciana pode ser Kita; e Secretário deve ir à ALPB DESTAQUES: PT quer Cartaxo prefeito e Cida vice; Tovar nega candidatura de Romero em junho; e Edinho Silva vai substituir Gleisi Hoffmann 21 de maio de 2024 DESTAQUES: PT quer Cartaxo prefeito e Cida vice; Tovar nega candidatura de Romero em junho; e Edinho Silva vai substituir Gleisi Hoffmann

Está no Hype

Go to Top