Prefeitura de João Pessoa prevê isenção de impostos para empresas que se instalarem no Centro 

A Prefeitura de João Pessoa e o Governo do Estado estão alinhando ações em conjunto para promover uma ampla requalificação do Centro Histórico da Capital. Entre as medidas avaliadas, estão a isenção de tributos como ISS e Alvará de Construção para todos os setores que se instalarem na região.

O prefeito Cícero Lucena lembrou que governo e prefeitura já realizam obras no Centro e que, nessa parceria, o que vai ocorrer será a convergência dessas ações, potencializando ainda mais a relação do poder municipal, estadual e federal, em favor da cidade.

“Então, esse chamamento do governador João Azevedo para que a gente, além das ações que estamos fazendo, cada um individualmente, possa agora fazer parte de um projeto de um todo, inclusive com os órgãos reguladores da preservação, como o Iphan e o Iphaep e a própria sociedade civil, que vai participar de um projeto de preservação, social, e econômico. Ganha a cidade de João Pessoa, os moradores e aqueles que nos visitam. Então, fico feliz mais uma vez da demonstração da importância dessa parceria do Governo do Estado com a Prefeitura”, afirmou o prefeito.

Cícero elencou algumas ações, a exemplo da demolição do prédio da antiga Proserv para a construção de unidades de apartamentos, o que também vai acontecer com o Edifício das Nações, que além de moradias, haverá ocupação para 280 comerciantes cadastrados.

Nesse pacote de obras e ações, de acordo com o prefeito Cícero Lucena, ainda tem a requalificação da Avenida Duque de Caxias, que vai se transformar num corredor cultural; restauração das praças Pedro Américo e Rio Branco, projeto de mobilidade; construção do Parque Linear do Roger, que está em licitação e será submetido ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para assinatura da ordem de serviço; e a desapropriação da área que pertenceu a fábrica Matarazzo, localizada no bairro do Varadouro, para transformar em estúdios e equipamento cultural.

Por parte do Governo do Estado, João Azevêdo destacou as obras de restauração do Palácio da Redenção, onde funcionará o Museu da História da Paraíba. O investimento prevê a preservação, adequação e restauração, que deverão ser concluídos no final do ano. O chefe do executivo estadual, que convocou a reunião, reforçou a importância da somatória de forças para garantir avanços para a cidade de João Pessoa.

“A gente percebe aqui um conjunto muito grande de ações que estão acontecendo no Centro Histórico. O que nós estamos planejando é o fortalecimento delas em conjunto, com a participação dos órgãos que são fundamentais nesse processo, como Iphan e Iphaep”, afirmou o governador.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Hugo Motta enfrenta ‘cobra’ que morde o Republicanos; Pollyanna tem sido o grande diferencial no governo João; e Sargento Neto diz que oposição pode pular para 17 deputados 24 de abril de 2024 DESTAQUES: Hugo Motta enfrenta 'cobra' que morde o Republicanos; Pollyanna tem sido o grande diferencial no governo João; e Sargento Neto diz que oposição pode pular para 17 deputados DESTAQUES: Em Cajazeiras, a briga será entre 3 deputados; PSB realiza festa na Priscylla’s Hall com candidatos a vereador; na UFPB, Terezinha vai ser a primeira colocada?! 23 de abril de 2024 DESTAQUES: Em Cajazeiras, a briga será entre 3 deputados; PSB realiza festa na Priscylla's Hall com candidatos a vereador; na UFPB, Terezinha vai ser a primeira colocada?! NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa 22 de abril de 2024 NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 22 de abril de 2024 DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70% 

Está no Hype

Go to Top