Rubens Ometto, da Cosan, é quem mais doou a campanhas em 2022

Reprodução da internet

Bolsonaro recebeu R$ 6,8 milhões dos 10 empresários que mais destinaram dinheiro até agora; PT arrecadou R$ 3,7 milhões no grupo

O presidente do Conselho de Administração da Cosan, Rubens Ometto, é até agora o maior doador da eleição de 2022, segundo dados de prestação de contas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O empresário ligado ao agronegócio havia destinado até a tarde de 2ª feira (24.out.2022) R$ 8,9 milhões a diretórios e candidatos de 13 partidos distintos. Nomes do Republicanos foram os que mais receberam doações de Ometto (R$ 3,4 milhões).

Em 2º lugar no ranking de doadores aparece Alexandre Grendene, um dos fundadores da empresa calçadista de mesmo nome. Ele destinou R$ 6,4 milhões desde o início da campanha. Os partidos que mais receberam recursos do empresário foram PSC (R$ 1,9 milhão) e PT (R$ 1,7 milhão).

Dos 10 nomes que mais doaram até agora, 4 deram dinheiro exclusivamente para a campanha de reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O PL, partido do chefe do Executivo, acumulou R$ 7,9 milhões arrecadados de 5 pessoas físicas no ranking do top 10.

O PT, por outro lado, recebeu R$ 3,7 milhões desse grupo de maiores doadores. Os irmãos Pedro e Alexandre Grendene são responsáveis por 94% dessa cifra. Esse valor, no entanto, sempre foi ou para diretórios nos Estados ou para candidatos avulsos –nunca exclusivamente para a campanha de Lula à Presidência.

Ao todo, candidatos e partidos receberam R$ 783,8 milhões de pessoas físicas em 2022. Os 10 que mais doaram representam 6,1% dessa cifra. Os dados completos estão disponíveis no TSE. É possível acessar em detalhes clicando aqui.

 

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’ DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde 10 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder 7 de junho de 2024 DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino 6 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino

Está no Hype

Go to Top