USUÁRIO OU TRAFICANTE? Ministro Zanin agita debate e sinaliza critério de quantidade em julgamento no STF: ENTENDA

O julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a descriminalização do porte de drogas para uso pessoal teve um novo desdobramento com a defesa do ministro Cristiano Zanin. Ele propôs a criação de uma medida de diferenciação entre usuário e traficante baseada na quantidade de substância em posse. Além disso, o ministro indicou um possível consenso em relação a essa abordagem.

Maioria Favorável

O julgamento teve seu curso interrompido devido a um pedido de vista solicitado pelo ministro André Mendonça. Até o momento da interrupção, seis ministros se manifestaram a favor da determinação de uma quantidade mínima que distinga a posse para uso pessoal da atividade de tráfico.

A Proposta de Zanin

Ministro Zanin, o único a votar contra a descriminalização até então, expressou a possibilidade de ajustar seu voto para elevar a quantidade mínima de droga que demarcaria a fronteira entre usuário e traficante. Ele havia sugerido 25 gramas de maconha, mas agora considera adotar o patamar de 60 gramas, conforme proposto por Alexandre de Moraes.

Unificação de Critérios

O relator do caso, Gilmar Mendes, e a presidente do STF, Rosa Weber, sinalizaram concordância com a proposta de distinção por quantidade. Já o ministro Luís Roberto Barroso, que inicialmente defendeu 25 gramas, elevou o limite para 100 gramas. O ministro Edson Fachin não estabeleceu uma quantidade mínima.

Zanin foi alvo de críticas nas redes sociais, especialmente por apoiadores do ex-presidente Lula. Ele discordou de seus colegas ao tratar da descriminalização do porte de drogas, argumentando que o STF não deveria modificar a Lei das Drogas de 2006, que mantém o porte como crime. Zanin acredita que qualquer mudança nesse sentido deveria ser conduzida pelo Congresso Nacional.

O debate no STF sobre a descriminalização do porte de drogas para uso pessoal ganha profundidade com a proposta do ministro Zanin de introduzir a diferenciação por quantidade. Enquanto a interrupção do julgamento adia uma decisão final, a discussão sobre os critérios que definirão a fronteira entre usuário e traficante continua a atrair atenção e alimentar o debate sobre a política de drogas no Brasil.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  18 de julho de 2024 DESTAQUES: Duas datas importantes para o futuro de Romero; Instituto crava que na PB só terá 2º turno em JP; e Efraim denuncia prefeito de Santa Luzia por demolir monumento  DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo 17 de julho de 2024 DESTAQUES: Direção de um partido destituiu o diretório de um candidato líder nas pesquisas; Pedrito anuncia apoio a Nilvan; e Lula pode pedir a Veneziano para apoiar Cartaxo DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde 16 de julho de 2024 DESTAQUES: Quem deve ser vice de Jackson e Nilvan?; Quais partidos podem compor a chapa de Romero?; e Amanda Rodrigues encontra Márcia, ex-prefeita do Conde DESTAQUES: Prefeito de Queimadas vai escolher entre 2 parentes o candidato da sucessão; Ana Paula deu sua versão da ‘’rachadinha’’; e Bueno Aires foi visto em Gurjão fazendo política 12 de julho de 2024 DESTAQUES: Prefeito de Queimadas vai escolher entre 2 parentes o candidato da sucessão; Ana Paula deu sua versão da ‘’rachadinha’’; e Bueno Aires foi visto em Gurjão fazendo política DESTAQUES: Veja 3 sinais de que Romero será candidato; Caso de ‘rachadinha’ estoura em Monteiro; e Sara Cabral sofre mais uma derrota na Justiça 11 de julho de 2024 DESTAQUES: Veja 3 sinais de que Romero será candidato; Caso de 'rachadinha' estoura em Monteiro; e Sara Cabral sofre mais uma derrota na Justiça

Está no Hype

Go to Top