“Xandão vai matar meu pai hoje” Dispara a filha de Roberto Jefferson e tem contas bloqueadas: SAIBA MAIS

Cristiane Brasil e Roberto Jefferson (Foto: Reprodução/Instagram)

“Xandão vai matar meu pai hoje. Mandou a polícia prendê-lo e ele não vai se entregar. Está trocando tiros com os soldados da milícia do Xandão. Deus ajude a nossa família”, escreveu Cristiane Brasil em sua rede social neste domingo (23), referindo-se à ordem do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Alexandre de Moraes, de prender o presidente do PTB Roberto Jefferson.

Quem é Cristiane Brasil?

Formada em Direito, Cristiane é a mais velha de três filhos do ex-deputado e pivô do escândalo do mensalão Roberto Jefferson, condenado —e perdoado pelo STF em 2016— por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ela escolheu usar o nome da mãe, a artista plástica Ecila Brasil.

Foi eleita vereadora em 2004 e voltou a atenção para a terceira idade. Entre os feitos, implantou as Academias da Terceira Idade (ATIs) em áreas públicas do Rio.

Em 2014, enquanto licenciada da Câmara dos Vereadores para comandar a Secretaria Municipal do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida (SEMESQV), reuniu cerca de 50 servidores públicos e prestadores de serviço da pasta para pedir votos para a câmara federal, em tom de ameaça.

“Se eu perder a eleição de deputada federal… Eu preciso de 70 mil votos. Eu fiz quase 30. Agora são 70 mil. No dia seguinte, eu perco a secretaria. No outro dia, vocês perdem o emprego. Só tem importância na política quem tem mandato. Só tem mandato quem tem voto. Só tem voto quem tem pessoas como vocês ajudando a gente pedir e propagar o voto. Do contrário não funciona.”

Cristiane foi eleita com pouco mais de 80 mil votos. A gravação foi exibida pelo “Fantástico”, da TV Globo, em 2018. Em resposta ao programa, disse que jamais infringiu qualquer norma ética ou jurídica relacionada a eleições.

Enquanto deputada federal, em 2018, teve o nome indicado pelo pai, que é presidente do PTB, ao então presidente Michel Temer para comandar o Ministério do Trabalho. Mas foi impedida de assumir após aparecerem duas ações trabalhistas contra ela, feitas por ex-funcionários. Para se defender, gravou um vídeo em que aparecia a bordo de uma lancha, na companhia de quatro amigos, afirmando que iria aprovar sua inocência. A repercussão negativa do vídeo minou de vez as intenções para o posto. Naquele ano, ela também não se reelegeu.

Foi pré-candidata à prefeitura do Rio em 2020. Em entrevista a Universa na época, Cristiane disse que tiraria um porte de arma após curso de tiro esportivo. E que uma das suas propostas para reduzir a violência de gênero na cidade era oferecer curso de defesa pessoal para mulheres.

Naquele mesmo ano foi presa na segunda fase da Operação Catarata, por supostos desvios em contratos de assistência social no governo do estado e na Prefeitura do Rio.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Polícia Civil afirmaram na época que o esquema pode ter desviado R$ 30 milhões dos cofres públicos entre 2013 e 2018 —parte em espécie. Entre esses anos, Cristiane comandou secretarias municipais nas gestões de Eduardo Paes e Marcelo Crivella.

Enquanto se dirigia à polícia para se entregar, a ex-deputada publicou um vídeo em sua rede social dizendo que acredita no trabalho da Justiça. Ela foi solta um mês depois.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Hugo Motta enfrenta ‘cobra’ que morde o Republicanos; Pollyanna tem sido o grande diferencial no governo João; e Sargento Neto diz que oposição pode pular para 17 deputados 24 de abril de 2024 DESTAQUES: Hugo Motta enfrenta 'cobra' que morde o Republicanos; Pollyanna tem sido o grande diferencial no governo João; e Sargento Neto diz que oposição pode pular para 17 deputados DESTAQUES: Em Cajazeiras, a briga será entre 3 deputados; PSB realiza festa na Priscylla’s Hall com candidatos a vereador; na UFPB, Terezinha vai ser a primeira colocada?! 23 de abril de 2024 DESTAQUES: Em Cajazeiras, a briga será entre 3 deputados; PSB realiza festa na Priscylla's Hall com candidatos a vereador; na UFPB, Terezinha vai ser a primeira colocada?! NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa 22 de abril de 2024 NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 22 de abril de 2024 DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70% 

Está no Hype

Go to Top