Olhos abertos
Aplicativo do TSE já tem 11 denúncias de propagandas eleitorais irregulares na Paraíba

 

Aplicativo Pardal

O Tribunal Superior Eleitoral desenvolveu o aplicativo Pardal para que fossem colhidas denúncias de irregulares nas propagandas eleitorais em todo o Brasil, até as eleições de outubro. E, desde segunda-feira, quando foi iniciada as campanhas pelo país, a Paraíba já registrou 11 denúncias feitas através do sistema.

As cidades mapeadas com essas queixas até agora foram João Pessoa (4), Campina Grande (3), Cabedelo (1), Casserengue (1), Itapororoca (1) e Mataraca (1).

O Pardal é o sistema que possibilita ao cidadão informar à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público denúncias de infrações eleitorais e irregularidades verificadas nas campanhas eleitorais em seus municípios, fortalecendo os princípios da participação popular, transparência e lisura do pleito.

O sistema foi desenvolvido pela Justiça Eleitoral para uso gratuito em smartphones e tablets, e a versão atualizada em 2022 está disponível para download das lojas virtuais Apple Store e Google Play.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

<h6>Olhos abertos</h6>DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70% Olhos abertosAplicativo do TSE já tem 11 denúncias de propagandas eleitorais irregulares na Paraíba" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  <h6>Olhos abertos</h6>DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educaçãoOlhos abertosAplicativo do TSE já tem 11 denúncias de propagandas eleitorais irregulares na Paraíba" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 18 de abril de 2024 DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação <h6>Olhos abertos</h6>DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPBOlhos abertosAplicativo do TSE já tem 11 denúncias de propagandas eleitorais irregulares na Paraíba" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 17 de abril de 2024 DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB <h6>Olhos abertos</h6>DESTAQUES: Daniella Ribeiro será senadora em 2026; presidente do Sousa deve ser o vice do prefeito Tyrone; e Domiciano Cabral foi relapso e abandonou a defesa de Sara CabralOlhos abertosAplicativo do TSE já tem 11 denúncias de propagandas eleitorais irregulares na Paraíba" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 16 de abril de 2024 DESTAQUES: Daniella Ribeiro será senadora em 2026; presidente do Sousa deve ser o vice do prefeito Tyrone; e Domiciano Cabral foi relapso e abandonou a defesa de Sara Cabral <h6>Olhos abertos</h6>DESTAQUES: Bolsonaro dá esporro em Queiroga e Sérgio Queiroz; PL decidiu que não vai apoiar filho de Wellington Roberto em CG; e Sara Cabral não pode concorrer em BayeuxOlhos abertosAplicativo do TSE já tem 11 denúncias de propagandas eleitorais irregulares na Paraíba" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 12 de abril de 2024 DESTAQUES: Bolsonaro dá esporro em Queiroga e Sérgio Queiroz; PL decidiu que não vai apoiar filho de Wellington Roberto em CG; e Sara Cabral não pode concorrer em Bayeux

Está no Hype

Go to Top