Bolsonaro alfineta STF e solta: “No passado soltavam bandidos, eu solto inocentes”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a confrontar decisões do STF (Supremo Tribunal Federal) após defender o perdão concedido por ele ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ). Durante cerimônia de abertura da 27ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, em Ribeirão Preto (SP), o chefe do Executivo disse que está soltando “um inocente.”

“O decreto da graça e do indulto é constitucional e será cumprido. No passado soltavam bandidos e não falavam nada. Hoje, eu solto inocentes”, afirmou. Bolsonaro fez referência ao decreto publicado por ele na última quinta-feira (21) para perdoar quaisquer penas aplicadas a Daniel Silveira, condenado um dia antes pelo Supremo pelos crimes de coação no curso do processo e de ameaça da abolição do Estado democrático de Direito.

Bolsonaro também confrontou outra ação do STF, a de discutir um novo marco temporal de terras indígenas. “Tem uma ação que está sendo levada avante pelo ministro [Edson] Fachin, querendo um novo marco temporal. Se ele conseguir vitória, me restam duas alternativas: entregar as chaves para o Supremo ou falar que não vou cumprir. Eu não tenho alternativa.”

Em setembro de 2021, o plenário da Corte analisou se os povos tradicionais têm direito às terras ocupadas após a promulgação da Constituição de 1988. O ministro Alexandre de Moraes pediu vista, ou seja, mais tempo para analisar o caso, e adiou o julgamento.

Ainda durante a abertura do evento agrícola, o presidente também reclamou do que apontou como uma interferência entre os Poderes. “Queremos que os Poderes do Brasil olhem para o Brasil, e não para o Poder. Se quiser disputar Presidência, tem vaga aí. Quem sabe essa pessoa seja a terceira via”, ironizou.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’ DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde 10 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder 7 de junho de 2024 DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino 6 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino

Está no Hype

Go to Top