CHEIRO DE GOLPE? Loja que vende perfume de Bolsonaro é fechada após golpe, afirma maquiador

O maquiador Agustin Fernandez anunciou que estavam ocorrendo golpes na venda do perfume de Bolsonaro, por meio de links que não têm relação com a empresa

O maquiador bolsonarista Agustin Fernandez anunciou, na segunda-feira (22/4), o fechamento da loja Divo Beauty, que vende o perfume que recebeu o nome do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Agustin afirmou que estava ocorrendo golpes na venda do produto, por meio de links que não têm relação com a empresa. O maquiador tem proximidade com a família Bolsonaro, especialmente com a ex-primeira-dama Michelle.

“Nunca imaginei que alguém faria um site igual o meu e usaria meu rosto para fazer campanhas de anúncio e aplicar golpes. Infelizmente muitas pessoas foram lesadas, e o pior, muitas ainda devem estar acreditando que eu não entreguei o produto”, disse Agustin, no Instagram.

“Eu fiz tudo para que fosse perfeito. Previ vários acontecimentos, como a sabotagem da entrega e furto de mercadoria, então tirei minha logomarca das caixas. Mas por isso eu realmente não esperava. Esse tempo off-line das redes sociais vai ser muito bom não só para mim, mas também para você que é meu cliente”, emendou o maquiador.

 

Agustin também afirmou que voltará na segunda semana de maio e prometeu novidades. “Até lá, é preciso vocês saberem que a loja Do Divo deixará de existir”, frisou.

 

O perfume inspirado no ex-presidente foi lançado em 21 de março, dia do aniversário de Bolsonaro. “Hoje começa uma nova era, com a honra e o privilégio de termos assinado na nossa marca um perfume pelo homem que mais admiramos: Jair Bolsonaro”, disse Augustin à época. De acordo com o maquiador, o perfume “traz na essência exclusividade, força masculina e resiliência”

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG 17 de maio de 2024 DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG DESTAQUES: Na reunião do PT, 90% defenderam candidatura própria; e representante da prefeitura acusa membro do governo no caso da poluição das praias 16 de maio de 2024 DESTAQUES: Na reunião do PT, 90% defenderam candidatura própria; e representante da prefeitura acusa membro do governo no caso da poluição das praias DESTAQUES: O candidato de João Azevêdo ao governo pode ser Hugo Motta; advogado João de Deus se filiou ao PSB em Cajazeiras; e Wilson Santiago voltou a titularidade na câmara dos deputados 9 de maio de 2024 DESTAQUES: O candidato de João Azevêdo ao governo pode ser Hugo Motta; advogado João de Deus se filiou ao PSB em Cajazeiras; e Wilson Santiago voltou a titularidade na câmara dos deputados DESTAQUES: Lula teria decidido por candidatura própria em João Pessoa e o escolhido foi Cartaxo; Romero não tem responsabilidade com Campina Grande?; e ALPB ‘desobriga’ presença de secretários de Educação 8 de maio de 2024 DESTAQUES: Lula teria decidido por candidatura própria em João Pessoa e o escolhido foi Cartaxo; Romero não tem responsabilidade com Campina Grande?; e ALPB ‘desobriga’ presença de secretários de Educação DESTAQUES: Candidatura do PT em JP será tratada na próxima quarta-feira; Federação de CG avisou ao governador que tem um candidato; e quem são os presos da Operação Mandare? 7 de maio de 2024 DESTAQUES: Candidatura do PT em JP será tratada na próxima quarta-feira; Federação de CG avisou ao governador que tem um candidato; e quem são os presos da Operação Mandare?

Está no Hype

Go to Top