Daniella confirma conversa com João para tratar de Aguinaldo na chapa e deixa como ‘plano b’ candidatura ao governo: “Estamos priorizando o projeto”

Em entrevista ao Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan, nesta terça-feira (7), a senadora Daniella Ribeiro (PSD) confirmou o diálogo com o governador João Azevêdo (PSB) para tratar de eleições e reafirmou que a prioridade do seu grupo é a candidatura do seu irmão Aguinaldo Ribeiro (PP) na chapa majoritária do governador, deixando como ‘plano b’ uma possível pretensão de disputar o governo estadual.

Azevêdo disse nessa segunda-feira (6), em entrevista ao Frente a Frente, da TV Arapuan, que dialogou com a senadora em busca de uma unidade dos dois em torno da candidatura do deputado federal Aguinaldo Ribeiro para o Senado Federal na chapa majoritária de Azevêdo.

Daniella confirmou o teor da conversa e também defendeu essa unidade. Segundo ela, a prioridade do PSD, partido que preside na Paraíba, é a mesma do Progressistas e do PSB: a candidatura de seu irmão.

“Falei sobre as nossas perspectivas do PSD. O governador perguntou acerca do partido e eu disse que estamos completamente ligados com os outros partidos da base, que estão completamente ligados ao projeto do Progressistas, que tem como projeto a candidatura de Aguinaldo para o Senado Federal”, falou.

Perguntada acerca da possibilidade de ela própria disputar o cargo de governadora, como vem sendo especulado, Daniella afirmou que só avançará com o tema caso a aliança entre Aguinaldo e João não seja concretizada.

“Eu não trato de candidatura a governo. Primeiro, porque nós temos uma prioridade como eu já falei. Então a gente trata em etapas. A primeira etapa é essa. Nós temos um projeto junto com o Progressistas e essa é a primeira etapa. Eu não vou avançar em uma segunda etapa se não vencer essa primeira etapa. Então vamos aguardar. Estamos priorizando nosso projeto “, respondeu.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação 18 de abril de 2024 DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB 17 de abril de 2024 DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB DESTAQUES: Daniella Ribeiro será senadora em 2026; presidente do Sousa deve ser o vice do prefeito Tyrone; e Domiciano Cabral foi relapso e abandonou a defesa de Sara Cabral 16 de abril de 2024 DESTAQUES: Daniella Ribeiro será senadora em 2026; presidente do Sousa deve ser o vice do prefeito Tyrone; e Domiciano Cabral foi relapso e abandonou a defesa de Sara Cabral DESTAQUES: Bolsonaro dá esporro em Queiroga e Sérgio Queiroz; PL decidiu que não vai apoiar filho de Wellington Roberto em CG; e Sara Cabral não pode concorrer em Bayeux 12 de abril de 2024 DESTAQUES: Bolsonaro dá esporro em Queiroga e Sérgio Queiroz; PL decidiu que não vai apoiar filho de Wellington Roberto em CG; e Sara Cabral não pode concorrer em Bayeux

Está no Hype

Go to Top