passo maior que a perna
Decisões do STF e Congresso põem Lula na cara do gol. É não errar – Por  Andrei Meireles

Decisões do STF e Congresso põem Lula na cara do gol. É não errar

Após a mãozinha do STF, Lula emplaca acordo com o Centrão que lhe permite começar bem o governo. A questão é se vai com uma frente ampla ou arriscar mais uma vez só com o PT

Lula – Foto Ricardo Stuckert
Arthur Lira e Eduardo Cunha – Foto Orlando Brito

Havia pela frente uma penca de obstáculos. O maior deles era trupe de Arthur Lira na Câmara, acostumada a impor derrotas a Bolsonaro, que tentou repetir a proeza com o novo governo Lula, tido como nas cordas pela necessidade da aprovação da PEC da transição. Quanto mais o tempo escorria, maior a gula e as exigências dessa galera parlamentar herdeira de Eduardo Cunha.

Arthur Lira estava tão certo da vitória que, na conversa com Lula no domingo, chegou a mostrar a mesma arrogância que assustou o covarde Jair Bolsonaro. Saiu da conversa em um hotel na zona central de Brasília convencido de que faria barba, cabelo e bigode, mantendo e até ampliando o poder conquistado na gestão Bolsonaro. Errou na mão.

Quis dar um passo maior que a perna. Já tinha assegurado apoio suficiente para se reeleger presidente da Câmara. Avaliou que Lula acuado cederia também os nacos de poder que hoje desfrutam no governo federal que têm muita grana e geram escândalos pelo mau uso do dinheiro público. Lula já pagou um preço alto por arranjos semelhantes em governos anteriores.

Ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes antes do início da sessão plenária do STF – Foto Carlos Moura/SCO/STF

Em questão de horas, Lira tomou um baile que até agora não entendeu o tamanho do tombo. Uma tabelinha entre os ministros do STF Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski tirou os curingas das mãos da turma de Lira, enterrando o Orçamento Secreto e abrindo brecha para a adoção do reajuste do Bolsa Família por uma canetada presidencial.

Orçamento Secreto – Foto Reprodução

Essa reviravolta proporcionou que nessa terça-feira (20) fosse feito um acordo que assegurasse para 2023 toda a grana pedida pela equipe de transição de Lula e mais metade dos R$19,4 bilhões antes destinados ao malfadado Orçamento Secreto. É uma montanha de dinheiro para o novo governo, que se souber gastar, pode começar a botar a casa em ordem.

A questão agora é como o novo governo vai gastar esse cacife. O primeiro teste é a montagem da equipe ministerial. Até agora o PT vem nadando de braçada, inclusive nas bolas divididas. Com exceção de Flávio Dino na Justiça, todos os outros são puro sangue. A expectativa é que a partir dessa quarta-feira (21) o apetite do PT seja contido e aliados importantes para a vitória eleitoral e a governabilidade comecem a integrar a equipe em postos com relevância.

Simone Tebet e Marina Silva – Foto Reprodução

A senadora Simone Tebet, Marina Silva, economistas de variadas tendências que deram aval a eleição de Lula, entre outras forças de centro e de esquerda, são caras necessárias para caracterizar um governo de frente ampla. Não basta apenas comporem a paisagem ministerial. Precisam compartilhar das decisões.

 

Com a aprovação da PEC da Transição, que ficou de bom tamanho para todos os lados, a primeira vitória a comemorar foi a redução da suposta letalidade de Arhur Lira, que teve de tirar a faca do pescoço do novo governo, embora siga poderoso. Mas abre-se, assim, a possibilidade de negociações entre os poderes da República, com a participação de novos atores, que reduzam a promiscuidade e a corrupção. É o mínimo, né.

A conferir.

do: https://osdivergentes.com.br/os-divergentes/decisoes-do-stf-e-congresso-poem-lula-na-cara-do-gol-e-so-nao-errar/

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

<h6>passo maior que a perna</h6>DESTAQUES: Por que Deusdete é lembrado para disputar vários cargos?; PT já fez a coleta da pesquisa em JP; e prefeito Kiko escolheu errado o seu candidato em Caaporãpasso maior que a pernaDecisões do STF e Congresso põem Lula na cara do gol. É não errar – Por  Andrei Meireles" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 17 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que Deusdete é lembrado para disputar vários cargos?; PT já fez a coleta da pesquisa em JP; e prefeito Kiko escolheu errado o seu candidato em Caaporã <h6>passo maior que a perna</h6>DESTAQUES: Por que Roberto de Souza saiu da secretaria de educação?; Jhony está atuando para frente de oposição em CG; e Indicação de Wilson filho visa 2026passo maior que a pernaDecisões do STF e Congresso põem Lula na cara do gol. É não errar – Por  Andrei Meireles" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 14 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que Roberto de Souza saiu da secretaria de educação?; Jhony está atuando para frente de oposição em CG; e Indicação de Wilson filho visa 2026 <h6>passo maior que a perna</h6>DESTAQUES: Por que a secretária Maria Suely foi demitida; os nomes escolhidos pelo governador foram adiantados pelo Polêmica Paraíba; e quais os motivos para Wilson Filho assumir a Educaçãopasso maior que a pernaDecisões do STF e Congresso põem Lula na cara do gol. É não errar – Por  Andrei Meireles" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 13 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que a secretária Maria Suely foi demitida; os nomes escolhidos pelo governador foram adiantados pelo Polêmica Paraíba; e quais os motivos para Wilson Filho assumir a Educação <h6>passo maior que a perna</h6>DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedadepasso maior que a pernaDecisões do STF e Congresso põem Lula na cara do gol. É não errar – Por  Andrei Meireles" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade <h6>passo maior que a perna</h6>DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’passo maior que a pernaDecisões do STF e Congresso põem Lula na cara do gol. É não errar – Por  Andrei Meireles" class="rev-slidebg tp-rs-img" data-no-retina> 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’

Está no Hype

Go to Top