“E eu que sou o traidor” ironiza Julian Lemos ao comentar presença de Collor e Valdemar Costa Neto em palanque de Bolsonaro no último fim de semana

Nos últimos dias o fato do presidente Jair Bolsonaro ter participado em Brasília, do evento que abre a chamada “pré-campanha”, dividindo o palco com Fernando Collor de Mello e o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, foi um dos assuntos mais comentados no meio políticos.

Em seu discurso, Valdemar chegou a tratar Bolsonaro como “futuro presidente pelo segundo mandato”.

Vale lembrar que em 2012, Costa Neto foi preso e condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 7 anos e 10 meses, e recebeu uma multa de 1,6 milhão de reais. Em 1992, Collor sofreu impeachment, acusado de envolvimento em corrupção e fraudes financeiras.

O ocorrido também foi comentado pelo deputado federal Julian Lemos, que através das suas redes sociais repercutiu as companhias com quem Bolsonaro estava dividindo o palanque e reforçou ainda que mesmo estando cumprindo fielmente todos os compromissos que adotou na campanha, ainda é chamado de traidor pelos apoiadores do presidente que agora tem mudado seu discurso.

“E eu que sou o traidor! Só pra deixar registrado: “Não mudei meu discurso, cumpro fielmente todos os meus compromissos de campanha” reforçou.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação 18 de abril de 2024 DESTAQUES: O sonho de Lula é eleger João Azevêdo e Poliana Dutra em 2026; candidatura de Romero vira aposta em CG; e Wilson Santiago aparenta estar omisso na briga para mudar o secretário de educação DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB 17 de abril de 2024 DESTAQUES: Galdino diz que Republicanos vai indicar o vice de Romero em CG; Aguinaldo foi escolhido líder da maioria no congresso; e Júnior Araújo não pensa em formar um g8 ou g11 na ALPB DESTAQUES: Daniella Ribeiro será senadora em 2026; presidente do Sousa deve ser o vice do prefeito Tyrone; e Domiciano Cabral foi relapso e abandonou a defesa de Sara Cabral 16 de abril de 2024 DESTAQUES: Daniella Ribeiro será senadora em 2026; presidente do Sousa deve ser o vice do prefeito Tyrone; e Domiciano Cabral foi relapso e abandonou a defesa de Sara Cabral DESTAQUES: Bolsonaro dá esporro em Queiroga e Sérgio Queiroz; PL decidiu que não vai apoiar filho de Wellington Roberto em CG; e Sara Cabral não pode concorrer em Bayeux 12 de abril de 2024 DESTAQUES: Bolsonaro dá esporro em Queiroga e Sérgio Queiroz; PL decidiu que não vai apoiar filho de Wellington Roberto em CG; e Sara Cabral não pode concorrer em Bayeux

Está no Hype

Go to Top