Entenda como funciona a ‘arma’ que derrubou drone suspeito durante a posse de Lula

Dispositivo operado pela Polícia Federal tem tecnologia que intercepta e assume o controle de drones. Lula assumiu a Presidência da República neste domingo (1º).

 

A Polícia Federal derrubou um drone suspeito que sobrevoava uma área não autorizada, em Brasília, durante a posse do presidente Lula (PT), neste domingo (1º). O dispositivo, que se parece com uma arma, possui uma tecnologia que intercepta e “rouba” o controle de drones suspeitos.

O equipamento conhecido como “DroneGun Tactical” foi desenvolvido com um design de rifle e precisa ser operado com as duas mãos. De acordo com a fabricante, o dispositivo pesa cerca de 7 quilos.

A tecnologia é capaz de identificar drones por meio de frequência e ondas de rádio. Quando um drone suspeito é localizado, o dispositivo passa a emitir um sinal que interrompe o contato do drone com o controle original.

Com isso, o agente de segurança assume o comando do drone suspeito, podendo desviá-lo e pousá-lo em um local seguro para inspeção.

Outra função disponível no equipamento é fazer com que o drone suspeito pouse exatamente do local onde foi levantado, o que pode ajudar a identificar o dono do drone.

Com um aspecto “futurístico”, o dispositivo antidrone tem antenas direcionais integradas, além de um painel de controle com áudio e sensor óptico.

Atualmente, o equipamento também é usado em presídios de São Paulo para evitar que drones levem celulares e drogas para os detentos.

ENTENDA

Polícia Federal ‘derruba’ drone suspeito durante posse presidencial na Esplanada dos Ministérios

Neste domingo, pelo menos um equipamento suspeito que estava próximo a Lula , autoridades e a população que acompanhava a cerimônia de posse, foi interceptado pelo equipamento da Polícia Federal.

A PF não informa quantos drones foram retirados ou “derrubados” por questões de segurança.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

Se Lula pedir a vaga de vice de Cícero para o PT, João Azevêdo e o PSB cederiam?: Por Gutemberg Cardoso 23 de maio de 2024 Se Lula pedir a vaga de vice de Cícero para o PT, João Azevêdo e o PSB cederiam?: Por Gutemberg Cardoso DESTAQUES: Se Romero desistir para onde irão os eleitores que são contra Bruno?; Em Bayeux, vice de Taciana pode ser Kita; e Secretário deve ir à ALPB 22 de maio de 2024 DESTAQUES: Se Romero desistir para onde irão os eleitores que são contra Bruno?; Em Bayeux, vice de Taciana pode ser Kita; e Secretário deve ir à ALPB DESTAQUES: PT quer Cartaxo prefeito e Cida vice; Tovar nega candidatura de Romero em junho; e Edinho Silva vai substituir Gleisi Hoffmann 21 de maio de 2024 DESTAQUES: PT quer Cartaxo prefeito e Cida vice; Tovar nega candidatura de Romero em junho; e Edinho Silva vai substituir Gleisi Hoffmann DESTAQUES: Camilo Santana esteve na Paraíba e ninguém soube; Cássio pode ser candidato em CG?; e nomes dos vices estão em alta em Bayeux 20 de maio de 2024 DESTAQUES: Camilo Santana esteve na Paraíba e ninguém soube; Cássio pode ser candidato em CG?; e nomes dos vices estão em alta em Bayeux DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG 17 de maio de 2024 DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG

Está no Hype

Go to Top