George Morais rebate especulações sobre racha entre Bruno e Romero em CG: “O que é verdade e o que é fato eu vou esclarecer”

O deputado estadual George Morais (União Brasil), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, comentou, nesta segunda-feira (20), sobre a relação política entre o deputado federal Romero Rodrigues (Podemos) e o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (União Brasil). Segundo o parlamentar, a aliança entre os dois políticos se mantém sólida, contrariando qualquer desavença ou possível rompimento nas eleições 2024.

Morais citou a possibilidade de Romero Rodrigues deixar o Podemos para se filiar ao Republicanos ou ao PSB, e afirmou que essas especulações não se concretizaram. Da mesma forma, os rumores de que o deputado Tovar Correia Lima abandonaria o PSDB para se juntar ao grupo do governador.

“O que é verdade e o que é fato eu vou esclarecer. Os boatos de que Romero sairia do Podemos para se filiar a outro partido, como Republicanos ou PSB, não aconteceram. Esses mesmos boatos diziam que Tovar deixaria o PSDB para ir para um partido da base do governador, o que também não ocorreu. Romero, na verdade, assumiu uma posição de liderança importante na Câmara pelo Podemos, o que não indica um afastamento do mandato. O próprio governador parece ter desistido de esperar por Romero e lançou a pré-candidatura do secretário de saúde, Jhony Bezerra. E seria bom para o secretário se dedicar à campanha. Esses são os fatos”, disse Morais.

O deputado ainda foi questionado sobre quantas fichas apostaria, em um total de dez, na manutenção da aliança entre Romero e Bruno: “Hoje, 20 de maio, eu apostaria de sete a oito fichas que Romero ficará com Bruno. Manteremos a aliança e Bruno será reeleito pelo União Brasil. Juntos, venceremos”, respondeu.

George Morais também sugeriu que, com a aliança fortalecida, o Podemos poderia indicar o vice na chapa de Bruno. “Seria um ótimo arranjo se o vice de Bruno fosse indicado por Romero,” acrescentou.

As falas repercutiram no programa Arapuan Verdade.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Por que Deusdete é lembrado para disputar vários cargos?; PT já fez a coleta da pesquisa em JP; e prefeito Kiko escolheu errado o seu candidato em Caaporã 17 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que Deusdete é lembrado para disputar vários cargos?; PT já fez a coleta da pesquisa em JP; e prefeito Kiko escolheu errado o seu candidato em Caaporã DESTAQUES: Por que Roberto de Souza saiu da secretaria de educação?; Jhony está atuando para frente de oposição em CG; e Indicação de Wilson filho visa 2026 14 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que Roberto de Souza saiu da secretaria de educação?; Jhony está atuando para frente de oposição em CG; e Indicação de Wilson filho visa 2026 DESTAQUES: Por que a secretária Maria Suely foi demitida; os nomes escolhidos pelo governador foram adiantados pelo Polêmica Paraíba; e quais os motivos para Wilson Filho assumir a Educação 13 de junho de 2024 DESTAQUES: Por que a secretária Maria Suely foi demitida; os nomes escolhidos pelo governador foram adiantados pelo Polêmica Paraíba; e quais os motivos para Wilson Filho assumir a Educação DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’

Está no Hype

Go to Top