Isolado, Ciro agora diz que Lula teria planejado perder as eleições de 2018

Ciro, que viajou para Paris na eleição de 2018 em vez de apoiar Haddad, diz que Lula, que estava preso, queria perder a eleição “para que o povo esquecesse o escândalo” do PT

Isolado na política brasileira, o pré-candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou nesta segunda-feira (28) que o ex-presidente Lula (PT) teria planejado “o que está acontecendo” no país.

“O Lula planejou o que está acontecendo no Brasil. Perder as eleições para que o povo esquecesse o escândalo da ladroeira generalizada, da corrupção generalizada, e a crise econômica mais grave do Brasil”, declarou à TV Tropical, afiliada à Record no Rio Grande do Norte, o pré-candidato que tem cerca de 7% das intenções de voto, de acordo com a última edição da Quaest (BR-06693/2022).

O ex-presidente Lula foi impedido de disputar as eleições em 2018, quando já era favorito para voltar à Presidência, por estar injustamente preso em Curitiba em decorrência da perseguição política promovida pela Lava Jato.

Lula ficou preso por 580 dias, afastado da família, até ser solto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que reconheceu a incompetência e a parcialidade do ex-juiz Sergio Moro (Podemos).

Com Lula na cadeia, o PT lançou o ex-ministro Fernando Haddad como candidato a presidente em 2018. Haddad avançou para o segundo turno contra Jair Bolsonaro (PL), mas perdeu. Ciro Gomes, que saiu da disputa já no primeiro turno, preferiu viajar a Paris, França, a apoiar Haddad contra Bolsonaro. O pedetista diz não se arrepender de não ter apoiado Haddad: “não me arrependo de jeito nenhum. O debate vai esclarecer”.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’ DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde 10 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder 7 de junho de 2024 DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino 6 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino

Está no Hype

Go to Top