Justiça vê falhas na apuração e pede novas diligências no caso Zambelli

A juíza Marcela Dias Coelho, do Foro Criminal da Barra Funda, em São Paulo, determinou na quinta-feira 10 que a Polícia Civil retome as investigações do caso envolvendo a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), que na véspera do segundo turno sacou uma arma no meio da rua, nos Jardins, para enquadrar um homem negro com quem havia discutido. Na ocasião, o policial militar Valdecir Silva de Lima Dias, que acompanhava a parlamentar, deu um tiro e foi preso em flagrante (depois liberado sob pagamento de fiança).

A decisão ocorre após a delegacia do bairro produzir um relatório final sobre o caso com várias questões pendentes. Além de não ouvir todas as testemunhas que presenciaram a ocorrência, os investigadores não buscaram imagens de câmeras de segurança dos prédios vizinhos. Os vídeos são importantes para elucidar o caso, pois o policial alegou que o tiro foi dado por descuido, após seu joelho “falhar”, mas há dúvidas de que o disparo teria sido para o alto, como uma forma de advertência, o que é ilegal.

Agora, o delegado terá sessenta dias para produzir um novo relatório. Além disso, a pedido do Ministério Público, a juíza quer saber quais procedimentos a Polícia Militar está tomando em relação à conduta de Valdecir. Além do disparo, há a suspeita de que ele estaria fazendo “bico” de segurança para Zambelli, prática não permitida, embora corriqueira no mundo policial.

A investigação paulista não aponta a participação de Zambelli, pois essa parte está com o Supremo Tribunal Federal, em decorrência do foro privilegiado da deputada. No último dia 3, ela viajou aos Estados Unidos para “estudar meios de assegurar e restaurar a liberdade de expressão no Brasil”.

 

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Camilo Santana esteve na Paraíba e ninguém soube; Cássio pode ser candidato em CG?; e nomes dos vices estão em alta em Bayeux 20 de maio de 2024 DESTAQUES: Camilo Santana esteve na Paraíba e ninguém soube; Cássio pode ser candidato em CG?; e nomes dos vices estão em alta em Bayeux DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG 17 de maio de 2024 DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG DESTAQUES: Na reunião do PT, 90% defenderam candidatura própria; e representante da prefeitura acusa membro do governo no caso da poluição das praias 16 de maio de 2024 DESTAQUES: Na reunião do PT, 90% defenderam candidatura própria; e representante da prefeitura acusa membro do governo no caso da poluição das praias DESTAQUES: O candidato de João Azevêdo ao governo pode ser Hugo Motta; advogado João de Deus se filiou ao PSB em Cajazeiras; e Wilson Santiago voltou a titularidade na câmara dos deputados 9 de maio de 2024 DESTAQUES: O candidato de João Azevêdo ao governo pode ser Hugo Motta; advogado João de Deus se filiou ao PSB em Cajazeiras; e Wilson Santiago voltou a titularidade na câmara dos deputados DESTAQUES: Lula teria decidido por candidatura própria em João Pessoa e o escolhido foi Cartaxo; Romero não tem responsabilidade com Campina Grande?; e ALPB ‘desobriga’ presença de secretários de Educação 8 de maio de 2024 DESTAQUES: Lula teria decidido por candidatura própria em João Pessoa e o escolhido foi Cartaxo; Romero não tem responsabilidade com Campina Grande?; e ALPB ‘desobriga’ presença de secretários de Educação

Está no Hype

Go to Top