Ministro vetou Daniella e ameaçou permanecer à frente do cargo

A “Folha de S. Paulo” informa que o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações Marcos Pontes tem se movimentado para que seu substituto na pasta não seja decidido apenas por conveniência política e, assim, fique sob o controle do “Centrão”. Diante de especulações de que a senadora paraibana Daniella Ribeiro (PP) poderia assumir o posto, ele disse à “Folha” que tal hipótese o levaria a desistir de concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados e a permanecer no ministério.

– Não tem sentido lógico para a Ciência e nem para o Presidente a escolha da senadora. Dada a importância de continuidade dos projetos estruturantes do MCTI para o governo federal, assim como sua importância para todos os brasileiros, como vacinas, energia renovável, bolsa de pesquisas, essa hipótese teria como consequência imediata o cancelamento sumário de minha candidatura e minha continuidade no ministério – afirmou Pontes.

O ministro disse posteriormente que consultou Jair Bolsonaro (PL), ouviu que deve ignorar “as indicações na mídia” e então concluiu que as especulações sobre a senadora eram “fake news”. Dessa forma, decidiu manter sua candidatura a deputado federal. Ele planeja se filiar ao PL, o partdo do presidente da República. Ontem mesmo, diante das notícias veiculadas, a assessoria da senadora Daniella Ribeiro desmentiu que tenha havido qualquer conversa sobre sua ida para o ministério. Ressaltou, porém, que “a trajetória política da senadora a qualifica para ações voltadas à ciência e tecnologia”, pois, além de ter uma boa relação no ministério, foi presidente da Comissão de Ciência de Ciência e Tecnologia do Senado Federal, relatora do Projeto de Lei das Teles e homenageada como embaixadora na Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, além de ter estado à frente de projetos envolvendo o tema.

– Continuarei firme no meu trabalho e com minhas ações sempre voltadas para o interesse coletivo – reiterou Daniella Ribeiro.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade 12 de junho de 2024 DESTAQUES: TRF-5 julgou o caso Cícero Lucena; Bruno Cunha Lima conseguiu vitória na Justiça; e operação ‘’Fundo do Poço’’ mira o antigo PROS, hoje Solidariedade DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar “meia secretaria de educação’’ 11 de junho de 2024 DESTAQUES: Vereadores de JP estão envolvidos na Operação Mandare; Operação livro aberto chegou nos deputados; e Republicanos não deve aceitar "meia secretaria de educação’’ DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde 10 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes podem assumir as secretarias do Governo; Cartaxo deve ser o candidato do PT em JP; e Renata Nóbrega pode voltar para Secretaria de Saúde DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder 7 de junho de 2024 DESTAQUES: Em 2026, a ALPB vai eleger um governador de forma indireta; Nominando vai ser o prefeito de JP por oito dias; e CMJP tem uma oposição definida e um novo líder DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino 6 de junho de 2024 DESTAQUES: Quais nomes devem assumir as secretarias do governo; Republicanos vai exigir a vaga de vice de Jhony em CG; e Antônio Roberto revela qual seu destino

Está no Hype

Go to Top