PF prende suspeito de organizar e financiar ato terrorista em Brasília

Equipes cumprem três mandados de prisão temporária, além de cinco de busca e apreensão. Ordens partiram da Justiça Federal no Rio de Janeiro

A Polícia Federal (PF) deflagrou operação, na manhã desta segunda-feira (16/1), para prender três pessoas suspeitas de liderar e financiar atos terroristas praticados por extremistas após o resultado do segundo turno das eleições de 2022 — inclusive o do último dia 8, contra as sedes dos Três Poderes.

A Operação Ulysses foi deflagrada no Rio de Janeiro, e os alvos não tiveram os nomes divulgados. Até o momento, a PF prendeu um deles no Rio de Janeiro. Apreendeu ainda celulares, computadores e documentos.

Agentes foram às ruas para cumprir cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão em Campos dos Goytacazes, no Rio
Agentes foram às ruas para cumprir cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão. A investigação foi aberta com objetivo de identificar pessoas que lideraram bloqueios em rodovias em Campos dos Goytacazes (RJ), organizaram manifestações em frente a quartéis do Exército na idade e financiaram os atos golpistas que ocorreram em Brasília.
Segundo a PF, durante a investigação, foi possível colher elementos de prova capazes de vincular os investigados na organização e liderança dos eventos. Os alvos da operação poderão responder pelos crimes de associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e incitação das Forças Armadas contra os Poderes institucionais.

Os policiais cumprem três mandados de prisão temporária, bem como cinco de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal no Rio de Janeiro.

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

DESTAQUES: Hugo Motta enfrenta ‘cobra’ que morde o Republicanos; Pollyanna tem sido o grande diferencial no governo João; e Sargento Neto diz que oposição pode pular para 17 deputados 24 de abril de 2024 DESTAQUES: Hugo Motta enfrenta 'cobra' que morde o Republicanos; Pollyanna tem sido o grande diferencial no governo João; e Sargento Neto diz que oposição pode pular para 17 deputados DESTAQUES: Em Cajazeiras, a briga será entre 3 deputados; PSB realiza festa na Priscylla’s Hall com candidatos a vereador; na UFPB, Terezinha vai ser a primeira colocada?! 23 de abril de 2024 DESTAQUES: Em Cajazeiras, a briga será entre 3 deputados; PSB realiza festa na Priscylla's Hall com candidatos a vereador; na UFPB, Terezinha vai ser a primeira colocada?! NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa 22 de abril de 2024 NESTA TERÇA: PSB apresenta time de candidatos a vereadores em João Pessoa DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 22 de abril de 2024 DESTAQUES: Pastor Sérgio decidiu ser vice em JP; Nilvan recebeu visita do prefeito Vitor Hugo; e governador diz que Daniela tem todo direito de tocar sua candidatura em 2026 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70%  19 de abril de 2024 DESTAQUES: A imprensa é culpada no caso do Pastor Sérgio e na possível demissão do secretário do governo?; Em Guarabira, Léa vai enfrentar Raniery; na cidade de Patos, executivos e secretários tem aumento de 70% 

Está no Hype

Go to Top