Premeditação? Deputado bolsonarista apresentou projeto em dezembro para anistiar terroristas

Na justificativa, o deputado ruralista e um dos remanescente da base de Jair Bolsonaro (PL) no Congresso, parece premeditar o que aconteceria, com a destruição dos edifícios dos Três Poderes por terroristas.

Alvo de uma ação do PSOL para investigar a participação nos atos terroristas do último domingo (8), o deputado bolsonarista José Medeiros (PL-MT) apresentou no dia 12 de dezembro um Projeto de Lei na Câmara Federal que concede anistia “a todos aqueles que, no período entre 1º de junho de 2022 até a data de entrada em vigor desta Lei, tenham se manifestado, por meio de atos individuais ou coletivos, ou tenham financiado ou participado de tais manifestações e protestos, relacionados às eleições de 2022 e temas a ela pertinentes”.

No Artigo 1º, o PL diz que “a anistia de que trata o caput compreende atos de motivação política e condutas a estes conexas, tipificados ou não como crimes ou contravenções”.

Na justificativa, o deputado ruralista e um dos remanescente da base de Jair Bolsonaro (PL) no Congresso, parece premeditar o que aconteceria. À época, os golpistas já estavam acampados há mais de um mês em frente aos quartéis, levados e financiados por empresários e ruralistas.

“Questionamentos e manifestações ideológicas pacíficas são legítimos e perfeitamente naturais no bojo de um Estado Democrático de Direito. Contudo, causa espanto a forma como as instituições, em especial o Poder Judiciário, têm reagido a esses atos. Cidadãos, no exercício do seu legítimo direito de manifestação, têm sido tratados como criminosos, com cerceamento de direitos e liberdades. Além disso, multas exorbitantes têm sido aplicadas, como multas horárias ou diárias de 100 mil reais, para impedir as reações contrárias ao resultado das eleições”, diz o texto.

Defensor do garimpo ilegal e um dos bolsonaristas mais ferrenhos, Medeiros foi um dos principais incitadores do ato terrorista quando os manifestantes já haviam destruído parte dos prédios do Supremo Tribunal Federal (STF), do Congresso Nacional e do Palácio do Planalto.

“Essas pessoas estariam em casa se o complexo de soberano não tivesse sido tão forte no ministro Alexandre, ao decidir não dar explicação para dúvidas simples, gerou revolta de quem verdadeiramente tem o poder, o povo, não se enganem  ou baixa a bola ou vai piorar”, tuitou às 18h10 do domingo, quando as forças de segurança tentavam conter os terroristas.

Além de Medeiros, são citados na ação movida pelo PSOL: André Fernandes (PL-CE), Magno Malta (PL-BA), Silvia Waiãpi (PL-AP), Clarissa Tércio (foto; PP-PE), Júnior Tércio (Podemos-PE), Ricardo Barros (PP-PR), Sargento Rodrigues (PL-AL), coronel Tadeu (PL-SP), Carlos Jordy (PL-SP) e Ana Campagnolo (PL-ES).

Leia a íntegra do projeto

 

Mais Lidas

Destaques

PELO SIM, PELO NÃO

Se Lula pedir a vaga de vice de Cícero para o PT, João Azevêdo e o PSB cederiam?: Por Gutemberg Cardoso 23 de maio de 2024 Se Lula pedir a vaga de vice de Cícero para o PT, João Azevêdo e o PSB cederiam?: Por Gutemberg Cardoso DESTAQUES: Se Romero desistir para onde irão os eleitores que são contra Bruno?; Em Bayeux, vice de Taciana pode ser Kita; e Secretário deve ir à ALPB 22 de maio de 2024 DESTAQUES: Se Romero desistir para onde irão os eleitores que são contra Bruno?; Em Bayeux, vice de Taciana pode ser Kita; e Secretário deve ir à ALPB DESTAQUES: PT quer Cartaxo prefeito e Cida vice; Tovar nega candidatura de Romero em junho; e Edinho Silva vai substituir Gleisi Hoffmann 21 de maio de 2024 DESTAQUES: PT quer Cartaxo prefeito e Cida vice; Tovar nega candidatura de Romero em junho; e Edinho Silva vai substituir Gleisi Hoffmann DESTAQUES: Camilo Santana esteve na Paraíba e ninguém soube; Cássio pode ser candidato em CG?; e nomes dos vices estão em alta em Bayeux 20 de maio de 2024 DESTAQUES: Camilo Santana esteve na Paraíba e ninguém soube; Cássio pode ser candidato em CG?; e nomes dos vices estão em alta em Bayeux DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG 17 de maio de 2024 DESTAQUES: Rusga entre Assembleia e o Governo do Estado; PT tem decisão importante na segunda-feira; e Inácio cansou de esperar por Romero em CG

Está no Hype

Go to Top